DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Ronaldinho: 'Quero quebrar todos os recordes'

A badalação na Granja Comary é toda para Robinho, o astro do momento. Mas a maior estrela da seleção brasileira nos últimos anos mostra que está longe de perder a majestade. Em plena forma física e de bem com a vida, Ronaldinho é um exemplo de que não se perde o entusiasmo e o amor pelo futebol com o tempo e um currículo recheado de conquistas. Craque consagrado, o atacante do Real Madrid conhece muito bem o gostinho de ser campeão mundial. Sua trajetória com a camisa do Brasil começou com a conquista do tetra em 1994 e culminou com o penta em 2002.

Mas, aos 28 anos, continua com a sede de títulos de um iniciante. Ronaldinho quer que a vitória sobre o Chile no domingo e a conseqüente classificação para a Copa da Alemanha sejam os primeiros passos para uma marca invejável: ser tricampeão mundial.

Ronaldinho não concorda com Zagallo. Coordenador-técnico da seleção, o Velho Lobo vê o Mundial de 2006 como a última chance para que uma geração de craques seja campeã pela seleção brasileira. O título na Alemanha seria uma despedida de luxo, mas não para o atacante:

– Espero que esta não seja minha última copa. Espero estar bem daqui a cinco anos. Quero bater todos os recordes possíveis e ganhar uma quarta copa.

Segundo Ronaldinho, a eminente classificação do Brasil para a competição do ano que vem é a prova de que o trabalho visando à conquista na Alemanha está sendo bem feito:

– Conquistar a vaga antecipadamente é fruto do nosso esforço. Não ganhamos isso de presente.

Parte do quadrado mágico ao lado de Kaká, Robinho e Adriano, o Fenômeno aposta em uma boa atuação em Brasília, mas não acredita em jogo fácil. Para ele, se o Brasil entrará em campo muito forte ofensivamente, deverá enfrentar igual resistência na defesa chilena:

– Não vai ser uma partida fácil. Vamos precisar de paciência para furar o bloqueio deles.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
152