DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Resta o caminho mais longo: Flu quer a Libertadores via Brasileirão

O Fluminense não conquistou a Copa do Brasil, mas o sonho de voltar à Taça Libertadores após 20 anos continua vivo nas Laranjeiras. Só que, agora, pelo caminho mais longo: o Campeonato Brasileiro. O goleiro Kleber garante que a equipe não vai se desmotivar pela derrota na decisão contra o Paulista. E o combustível para o Flu manter o pique no segundo semestre, diz ele, veio da arquibancada: encerrado o jogo desta quarta-feira, a torcida aplaudiu o time e cantou o hino do clube, reconhecendo a luta dos jogadores.

– Nossa grande resposta ao torcedor, em agradecimento por esse incentivo, é fazer um bom Brasileiro, continuar essa campanha que estamos tendo e permanecer pelo menos entre os quatro primeiros para chegar à Libertadores. Esse é o meu compromisso e de todos os jogadores. Temos que mostrar isso já no próximo jogo, contra o Corinthians, uma partida fundamental – afirma Kleber, lembrando que o Flu, terceiro colocado com 17 pontos, está a apenas um ponto do líder Botafogo, mas também somente um acima do Corinthians.

O goleiro lamentou as inúmeras chances de gol desperdiçadas pelo Fluminense ao longo da partida desta quarta-feira, em São Januário, que terminou 0 a 0.

Mas para Kleber, a maior lembrança que terá dessa decisão veio após o apito final.

– O que vai ficar guardado na minha mente é o aplauso da torcida no fim. Por isso eu digo que vamos dar a retribuição no Brasileiro – garante.

Flu nega desmanche e vai atrás de Mossoró

O gerente de futebol tricolor, Gustavo Mendes, endossa as palavras do goleiro. Ele disse que será feita até o fim da semana uma avaliação do elenco, mas não quis antecipar possíveis saídas de jogadores. Mendes, porém, avisa que não há motivo para preocupação.

– O torcedor do Fluminense pode ficar tranqüilo: não haverá desmanche. Se perdermos um jogador, vamos trazer outro do mesmo nível. O projeto não acabou, continua de pé no Campeonato Brasileiro. O objetivo é a vaga na Libertadores – diz ele.

Mendes revelou que as transferências do meia Diego e do zagueiro Antônio Carlos para o exterior não foram concretizadas, por isso ainda considera os dois jogadores do Fluminense. Assim como o lateral Gabriel, que já deu entrevistas em tom de despedida, mas não tocou no assunto com a diretoria.

– Para uma negociação ser concluída, têm que ser cumpridas todas as etapas. Só depois disso é que podemos tratá-la como favas contadas. Em relação ao Diego e ao Antônio Carlos, ainda faltam algumas coisas – observa Mendes, revelando que o clube vai buscar reforços para o restante do Brasileiro.

– Entendemos que o elenco do Fluminense pode vir a precisar de mais dois ou três jogadores – afirma.

Um deles pode ser Márcio Mossoró, maior destaque do Paulista na conquista da Copa do Brasil. O clube carioca foi o primeiro a demonstrar interesse público pelo jogador, em abril, mas as negociações esfriaram por causa do confronto entre as duas equipes na decisão. Agora, apesar do assédio de outros times ao camisa 8 do Paulista, Mendes espera concluir com sucesso a contratação.

– Foi feita uma proposta oficial ao Paulista de empréstimo do Mossoró e também do Cristhian. Nunca escondemos isso e tivemos ética para aguardar o fim da Copa do Brasil. Agora vamos esperar a resposta do Paulista – conclui Mendes.

Logo após o jogo desta quarta-feira, ainda durante a comemoração pelo título, no gramado de São Januário, o presidente do Paulista, Eduardo Palhares, disse que pelo menos oito equipes brasileiras já demonstraram o desejo de contratar Mossoró. O dirigente não indicou qual delas leva vantagem, apenas reconheceu que a saída do meia é praticamente inevitável.

– Não podemos coibir o crescimento individual dos jogadores.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196