DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Republicanos apresentam nova proposta que substitui o DACA

Senadores republicanos apresentaram nesta semana o projeto de lei SUCCEED Act – uma alternativa para que os jovens beneficiários do atual programa DACA – Deferred Action for Childhood Arrivals possam viver nos Estados Unidos legalmente e possam conquistar a cidadania.

O projeto nomeado “Solution for Undocumented Children through Careers, Employment, Education, and Defending our Nation Act (SUCCEED Act)” foi apresentado pelos senadores Thom Tillis, de North Carolina, James Lankford, de Oklahoma e Orrin G. Hatch, de Utah, traz uma luz para os jovens e oferece a possibilidade de cidadania para cerca de 2,5 milhões de jovens imigrantes indocumentados que vivem nos Estados Unidos.

A exigência mais básica para a qualificação seria que tenham entrado nos EUA antes de 16 anos de idade e antes de 15 de junho de 2012 – quando teve o início o programa por ordem executiva do ex-presidente Barack Obama.

Pelo SUCCEED Act, os jovens devem cumprir certos requisitos que durariam anos, dentre eles, estar empregado direto nos 48 dos 60 meses, graduar-se na universidade ou servir as Forças Armadas, enquanto espera a residência permanente condicional passar por uma investigação.

Depois de cinco anos e atingido os pontos necessários, o status seria renovado, sendo permitido aos jovens aplicar para o green card e, posteriormente poderiam solicitar a cidadania americana, o que demoraria mais cinco anos. No total do processo, os candidatos devem cumprir os requisitos em torno de 15 anos antes de se tornarem cidadãos.

Pela nova proposta os jovens não poderiam beneficiar familiares, na ação comum conhecida como “imigração em cadeia” (chain immigration).

O atual programa protege mais de 800 mil jovens da deportação, permite que eles estudem e trabalhem legalmente nos EUA e foi suspenso no início deste mês de setembro pelo presidente Donald Trump, que passou para o Congresso pedindo que os congressistas votem numa solução permanente para os “dreamers”.

Conforme o pronunciamento de rescisão da Casa Branca, mais de 150 mil jovens cujas permissões de trabalho vencem antes de 5 de março de 2018 devem renovar o status atual mais uma vez até 5 de outubro de 2017.

Porém, a nova proposta não agradou ativistas defensores dos direitos dos imigrantes. “O Succeed Act apresentado hoje equivale a trocar seis por meia dúzia: outro projeto de lei apresentado pelos republicanos que continua a criminalizar as comunidades imigrantes. A proposta veta extremamente os imigrantes, impede a reunificação familiar e a imigração legal. Nós já vimos tudo isso antes, portanto, não apoiaremos isso. Nós exigimos que um Dream Act novo seja posto para votação (no Congresso)”, afirmou Kica Matos, porta-voz do Fair Immigration Reform Movement (FIRM), ao site Politico.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]

Tags: ,,

Gazeta News
Gazeta News
198