DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Recebendo com Queijos e Vinhos

Para um simples encontro com amigos ou até mesmo para uma comemoração especial, as mesas de queijos e vinhos são muitos usadas. Para que todos participem da informalidade do encontro, divertindo-se e servindo-se, algumas dicas de como preparar vai garantir o sucesso da reunião.

1. Calculando a quantidade por pessoa:
Queijos: 250g por pessoa
Pães: 150g por pessoa
Vinhos: 1 garrafa para cada duas pessoas (em média)

2. Escolha dos queijos: sendo o queijo o prato principal do encontro, o ideal é servir de quatro a seis tipos diferentes.
Quejos fortes: Roquefort e gorgonzola; Queijos fortes com textura dura: parmesão; Queijos cremosos: carmembert, brie; e Queijos firmes de sabor suave: gouda
Outras sugestões são os queijos gouda envelhecidos, o provolone e asiago. Os queijos devem ser comprados na véspera da recepção e mantidos na geladeira e retirados uma ou duas horas antes de serem servidos, para ficarem com textura e sabor. O queijo parmesão não deve ir para a geladeira. Usar facas apropriadas para cada queijo.

• Queijos de casca dura (provolone, gouda): a faca apropriada é a que possui uma parte serrilhada e pontas que espetam o pedaço a ser pego.
• Queijos cremosos (brie, camembert): devem ser cortados com uma faca de espátula maior, para facilitar na hora de pegar a fatia. A faca pequena perfurada também pode ser usada.
• Parmesão: a faca deve ser pontuda e afiada para quebra-lo em pedacinhos.
• Queijos macios com estrutura: queijos como gorgonzola e Roquefort, que são macios e possuem uma estrutura marmorizada, a recomendação é usar a faca espátula com fio cortante. Requeijão, cream cheese devem ser servidos com as espátulas de patês.
Existe também uma faca de corte multiuso (parecendo uma faca comprida e fina) que pode ser usada para maioria dos queijos.

3. Vinhos: cada tipo de queijo, pede um tipo de vinho:
* Queijos fortes: vinhos encorpados como Malbec, Cabernet Sauvignon, Merlot, Shirraz,
* Queijos cremosos e suaves: vinhos tintos leves e suaves como Pinot Noir.
* Queijos firmes de sabor suave: vinhos brancos secos, como Riesling ou tintos leves como Pinot Noir,
* Queijos fortes de textura dura: vinhos tintos leves ou brancos secos. Os vinhos espumantes (Prosecco, Cava) podem acompanhar o fetta cheese ou o “goat cheese”.

4. Acompanhamentos:
* Pães: pães tipo italiano, centeio preto, pães artesanais, baguetes, torradas, podem ser colocados em uma cesta inteiros ou já fatiados, não podem faltar para acompanhar os queijos. Assim como algumas bolachas salgadas, de preferência sem sabores para que se possa apreciar os sabores do queijo.
* Frutas: uvas, morangos, figos frescos, melões são algumas opções de frutas que podem ser servidas. Frutas secas, como damasco e figos, também podem complementar os acompanhamentos.
* Frios: salames italianos, pastramis, prosciuttos, também podem ser servidos.
Azeitonas, nozes, amendoins, amêndoas e castanhas de caju, aumentam muito o cardápio.

5. Decoração:
Use sua imaginação, lembrando sempre de deixar o ambiente aconchegante e informal. Garfos e pratos de sobremesa empilhados devem ficar em uma mesa junto com os queijos e demais acompanhantes.
Colocar etiquetas em cada queijo com o nome, agrada a todos. Salute!

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]

Tags: ,,,

Cristina Felix
Cristina Felix
Cristina Felix, natural de Santa Catarina, vive nos Estados Unidos há 16 anos. Ex-agente de viagens, atualmente é professora particular de Etiqueta Social e Boas Maneiras.
226