DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Ranking de melhor cidade põe SP em 89º e RJ em 91º

Vancouver, no Canadá, é o melhor lugar do mundo para viver, de acordo com um ranking de 127 cidades que coloca São Paulo na 89ª posição, e o Rio de Janeiro, na 91ª.
O levantamento da Economist Intelligence Unit (EIU), uma empresa de pesquisas britânica, conclui que a qualidade de vida é superior em lugares como Moscou (74º), Pequim (70º) e Buenos Aires (64º) do que nas duas metrópoles brasileiras.

O ranking leva em consideração o risco para a segurança dos moradores, a infra-estrutura e a oferta de bens e serviços em 127 cidades.

As líderes do ranking
Vancouver
Melbourne
Viena
Genebra
Perth
Adelaide
Sydney
Zurique
Toronto
Calgary
EIU
As cidades latino-americanas ficam todas na categoria intermediária do levantamento: segundo a EIU, “nenhuma delas apresenta condições ideais para viver nem se encaixa na categoria em que dificuldades extremas são encontradas”.

Terrorismo

No segundo lugar do ranking ficaram empatadas Melbourne, na Austrália, Viena, na Áustria, e Genebra, na Suíça.

No pé estão Port Moresby (Papua Nova Guiné), Argel (Argélia) e Dhaka (Bangladesh), cidades onde “muitos aspectos do dia-a-dia apresentam desafios”, segundo a EIU.

Outras cidades
Paris, Tóquio (16º)
Londres, Los Angeles (47º)
Lisboa, Nova York (51º)
Buenos Aires, Montevidéu, Santiago (64º)
Lima (81º)
São Paulo (89º)
Rio de Janeiro (91º)
Cidade do México (98º)
EIU
As cidades canadenses, assim como Viena e Genebra, ganham pontos na pesquisa porque não são consideradas alvos em potencial para ataques terroristas.

Três das dez cidades que encabeçam o ranking ficam no Canadá – a líder Vancouver, Toronto e Calgary, que estão empatadas na quinta colocação.

Mas o país com mais cidades entre as dez primeiras é a Austrália, com quatro – Melbourne, Perth, Adelaide e Sydney, todas também empatadas em quinto.

Para a EIU, o grande motivo de incertezas para quem vive nestes lugares é o clima.

“No atual clima político global, não é uma surpresa ver que os lugares mais desejáveis são aqueles em que pouco se temem atentados terroristas”, disse o editor do relatório, Jon Copestake.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
152