DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Rainier agoniza e já não há quase esperança

O príncipe Rainier, em estado de morte clínica, agoniza no Centro Cárdio Torácico de Mônaco, onde se encontra internado desde o dia 7 de março, sofrendo de uma infecção pulmonar que se agravou nas últimas horas com o aparecimento de problemas cardíacos, respiratórios e neurológicos. O último boletim médico, da tarde desta sexta, confirma que “o diagnóstico vital continua reservado”. Toda sua família, o príncipe Albert, seu sucessor, e também suas filhas Caroline e Stephanie estão se revezando ao lado de seu leito.

O príncipe Rainier III, 81 anos de idade e 55 de reino, pretendia morrer no seu leito, no Palácio de Mônaco, mas seu estado de saúde atual não permite qualquer transferência. Durante esta sexta, o príncipe Albert pode ser visto andando de um lado para o outro nos corredores da clínica como se já estivesse esperando pelo pior.

Outro sinal de que os preparativos para as homenagens a Rainier já começaram foi a decisão do governo francês de fechar o espaço aéreo reservado do aeroporto de Nice, na França, através do qual deverão chegar autoridades e famílias reais européias, desde que a morte do príncipe tenha sido oficialmente anunciada. O presidente Jacques Chirac telefonou ao príncipe Albert para se informar sobre a evolução do estado de saúde de Rainier.

Também médicos franceses, especialistas do Hospital Salpetriére, foram chamados, mas só recomendaram o prosseguimento do tratamento que já vinha sendo ministrado, pois não há mais o que fazer.

Histórico – Há anos a saúde do príncipe preocupa. Grande fumante nos tempos de sua juventude e mesmo com idade madura, o príncipe, já em 1994, se submeteu a duas safenas. Em 2002, voltou ao hospital para retirar um nódulo do pulmão e posteriormente retirar parte desse mesmo pulmão. Em 2003, muito cansado, Rainier voltou a ser hospitalizado com problemas pulmonares.

Em janeiro de 2004, nova hospitalização em razão de problemas coronários agudos. Entre outubro e novembro, o príncipe esteve no Centro Cárdio Torácico, novamente com problemas bronco pulmonares. Depois, melhorou e ainda há um mês atrás assistiu a uma partida de futebol, sua ultima aparição pública.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196