DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Protestos marcam visita de Laura Bush ao Muro das Lamentações

As manifestações em apoio a Jonathan Pollard, preso nos Estados Unidos por espionar para Israel, ofuscaram a visita da primeira-dama Laura Bush ao Muro das Lamentações, na cidade velha de Jerusalém. “Liberdade para Pollard agora”, gritavam dezenas de israelenses, muitos deles jovens, na esplanada em frente ao Muro das Lamentações, que Laura visitou neste domingo.

A visita à cidade velha de Jerusalém, sob um forte esquema de segurança, não durou mais que dez minutos. A mulher de George W. Bush não ficou mais de dois minutos em frente ao local sagrado. A primeira-dama dos EUA chegou hoje a Israel para visitar Jerusalém e a cidade palestina de Jericó.

Procedente da Jordânia, onde assistiu ao Fórum Econômico Mundial, Laura Bush visitou o presidente de Israel, Moshé Katsav, em sua residência em Jerusalém, onde outros manifestantes israelenses exigiram dela libertação de Jonathan Pollard.

Após a visita ao Muro, Laura Bush deve ir para a cidade palestina de Jericó, perto do Mar Morto e uma das duas localidades da qual Israel retirou suas tropas. A mulher de Bush se reunirá com oito mulheres palestinas, incluindo deputadas e ministras da Autoridade Nacional Palestina (ANP). Amanhã, Laura deve visitar uma igreja da localidade árabe-israelense de Abu Gosh, antes de partir para o Egito. A primeira-dama dos EUA falou ontem no Fórum Econômico Mundial, no qual defendeu liberdades para a mulher no Oriente Médio.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
223