DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Primeiro ciclone do ano ameaça EUA e países do Caribe

Jamaica, Haiti, Cuba e Estados Unidos se preparam para a passagem da tempestade tropical Dennis, que pode se tornar, nesta quarta-feira, o primeiro furacão da temporada que mal começou e já bateu recordes no número de tempestades.

“Há menos de 1% de chances de Dennis não se transformar em um furacão nesta quarta-feira”, disse à agência de notícias EFE Russell Tfost, especialista do Centro Nacional de Furacões (NHC, em inglês), com sede em Miami.

O meteorologista afirmou que a combinação das águas quentes do Caribe e a ausência de ventos fortes na parte superior da atmosfera, que enfraqueceriam a tempestade, propiciam a formação do ciclone.

O NHC prevê que o ciclone Dennis terá ventos de mais de 178 km/h –o que o classificaria como categoria três na escala Saffir-Simpson, que vai até cinco.

Os cientistas prevêem que o sistema ganhará força gradativamente no Caribe, perderá intensidade quando passar por Cuba e aumentará novamente depois de entrar no Golfo do México.

Chuvas

O ciclone já começou a causar fortes chuvas em sua passagem pela Jamaica nesta quarta-feira. As precipitações causaram inundações em áreas próximas a capital, segundo autoridades. As previsões indicam que Dennis pode chegar ao extremo oeste de Cuba na sexta-feira.

No sábado, o ciclone deve seguir seu caminho em direção ao golfo do México, onde voltaria a ganhar força. Os ventos das camadas altas da atmosfera podem contê-lo, desviando o furacão para o litoral entre Louisiana e o noroeste da Flórida, onde pode atingir o continente na próxima segunda-feira.

A rota é similar com a do furacão Ivan que, no ano passado, matou dezenas de pessoas e causou prejuízos de milhões de dólares ao passar por Cuba e pelos EUA.

Em 2004, Cuba foi castigada pelos furacões Ivan e Charlie, enquanto o litoral sudeste dos EUA –principalmente a Flórida– também foi atingido pelas tempestades Frances e Jeanne em um período de apenas 44 dias.

Temporada

Os especialistas acreditam que esta temporada –que começou no dia 1º de junho e termina em 30 de novembro– será mais intensa do que o normal, com a formação de 15 tempestades tropicais.

Entre elas, oito poderiam se transformar em furacões, quatro deles de categoria três ou mais na escala Saffir-Simpson.

Pouco mais de um mês o início da temporada, já há uma marca histórica: é a primeira vez que se formam quatro tempestades –Arlene, Bret, Cindy e Dennis– e provavelmente um furacão –o próprio Dennis– nos primeiros 36 dias.

De acordo com boletim emitido pelo NHC, os ventos da tempestade Dennis aumentaram em 10 km/h e chegaram a 110 km/h –apenas oito a menos que a categoria de furacão.

Dennis se desloca em direção oeste-noroeste a 26 km/h e está 380 quilômetros a sudeste de Porto Príncipe, no Haiti.

A tempestade Cindy atingiu o continente na Louisiana com ventos de 112 km/h, mas o fenômeno deve perder força nas próximas horas.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196