DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Preso juiz acusado de falsificação de documentos.

Mais um integrante da quadrilha acusada de falsificação de visto para os Estados Unidos foi preso pela Polícia Federal do Espírito Santo. Desta vez, um juiz arbitral foi detido. É o quarto suspeito preso desde que as investigações começaram em março deste ano. A prisão foi feita por agentes da Delegacia de Polícia de Imigração, em Cariacica.

O delegado federal Sandro Lúcio Dezan informou que os outros suspeitos deram pistas da participação do juiz arbitral no esquema.

Um taxista, um aposentado e outro juiz arbitral são da quadrilha que, segundo o delegado, é especializada em falsificar documentos para pessoas que querem imigrar para a América do Norte.

Para chamar atenção dos interessados em ir para os Estados Unidos, a quadrilha anuncia nos jornais.

Os interessados assinam um documento eximindo os suspeitos de responsabilidade se ao chegar na fronteira México-EUA não conseguirem passar pela guarda da fronteira.

A quadrilha chega a mandar cerca de dez pessoas por mês para os Estados Unidos. A investigação da Polícia Federal está sendo feita no Espírito Santo e em Governador Valadares, Minas Gerais. Nesta quinta-feira, foram apreendidos recibos de reserva em hotéis de Santiago, no Chile. De Lá, os imigrantes tentariam chegar a Boston, nos EUA.

Além dos recibos em dólares, também foram apreendidos dois telefones celulares, uma carteira de advogado e outra de agente de segurança e uma agenda com vários nomes de pessoas que dão apoio à quadrilha no México.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
222