DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Polícia turca mata a tiros suposto extremista suicida

A polícia matou a tiros um suposto extremista suicida no Ministério da Justiça da Turquia nesta sexta-feira, depois que ele aparentemente tentou detonar um dispositivo explosivo. A televisão turca mostrou imagens ao vivo da polícia atirando no homem, que tinha entre 25 e 30 anos de idade, em uma rua arborizada da capital Ancara. Um correspondente da Reuters viu o homem deitado em meio a uma poça de sangue.

– Não nada. Estamos todos trabalhando em nossos escritórios – disse o ministro da Justiça Cemil Cicek, menosprezando o incidente.

Testemunhas disseram que o homem tentou entrar no ministério, que fica perto do gabinete do primeiro-ministro, Tayyip Erdogan, por volta das 9h15m (horário local), mas detonou os sensores de segurança.

A polícia o agarrou, aparentemente depois que ele tentou ligar um detonador mas não conseguiu explodir o dispositivo. Ele fugiu para a rua, onde foi baleado na perna e na cabeça.

Segundo a TV turca, o homem chamava-se Muharrem Akyurt, e a emissora CNN turca disse que ele pertencia a uma organização de extrema esquerda. Não se sabia se ele agia sozinho ou acompanhado.

A Turquia tem um longo histórico de atentados a bomba.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196