DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Perda de células cerebrais ‘pode explicar morte durante sono’

A perda de células cerebrais que controlam a respiração pode ser a causa da morte por apnéia de algumas pessoas durante o sono, aponta um estudo feito por pesquisadores americanos e publicado na revista Nature Neuroscience.
A apnéia central do sono é definida por paradas repetidas e temporárias da respiração durante o sono, ocorrendo como resultado de uma disfunção do sistema nervoso central.

No estudo, conduzido por uma equipe de cientistas da Universidade da Califórnia, foi injetado em ratos um composto para eliminar metade dessas células cerebrais, chamadas preBötC.

A respiração dos animais foi então monitorada. Observou-se que quando os ratos entraram em sono profundo, eles pararam de respirar totalmente e, nesse momento, foram acordados pelos cientistas.

Com o passar do tempo, os problemas de respiração pioraram, se espalhando para outras fases do sono e até mesmo quando estavam acordados.

Humanos

Os ratos têm 600 células preBötC. Segundo os pesquisadores, os humanos teriam milhares dessas células que são perdidas ao longo da vida.

“Nós especulamos que nosso cérebro pode compensar a perda de até 60% de células preBötC, mas o déficit cumulativo dessas células eventualmente interrompe nossa respiração durante o sono”, disse o responsável pelo estudo, o professor Jack Feldman.

“Não há razão biológica para o corpo manter essas células além da média do tempo de vida, então ele não as repõe à medida que envelhecemos.”

Os pesquisadores da Universidade da Califórnia temem que a apnéia central do sono represente um maior risco para os idosos, que já estão com o coração ou o pulmão fracos.

Há também a suspeita de que a síndrome ataque pessoas que sofrem de doenças neurodegenerativas como Mal de Parkinson – os cientistas pretendem agora analisar os cérebros de pessoas que morreram nessa condição para determinar se os pacientes apresentaram danos nas células cerebrais.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153