DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Paulo Moura 'salva a pátria' no WCT da Califórnia

O pernambucano Paulo Moura foi o único surfista brasileiro a vencer uma bateria na primeira fase da oitava etapa do WCT, que teve início nesta terça-feira nas ondas de Trestles, na Califórnia, Estados Unidos. Moura somou 14,77 pontos para derrotar o australiano Luke Stedman (14,04) e o havaiano Bruce Irons (6,16) e avançar diretamente para a terceira fase da competição.

Os outros brasileiros que entraram na água não tiveram a mesma sorte. O potiguar Marcelo Nunes ficou em terceiro na primeira bateria do dia, atrás do americano Shane Beschen e do australiano Dean Morrisson. Renan Rocha também foi o terceiro em seu confronto, perdendo para os australianos Phillip MacDonald e Troy Brooks. E em uma bateria com dois brazucas, quem levou a melhor foi o australiano Taj Burrow, que somou 12,50 pontos para derrotar Guilherme Herdy (10,50) e Peterson Rosa (7,50).

Líder do ranking, o americano Kelly Slater estreou com uma vitória tranqüila sobre o convidado americano Mike Losness e o australiano Mark Occhilupo. O vice-líder Andy Irons, do Havaí, também venceu, superando Jake Paterson (Austrália) e Tom Curren (EUA), tricampeão mundial nos anos 80 e que compete como convidado.

Raoni Monteiro e Victor Ribas foram os últimos brasileiros a entrar na água, ambos na 16ª bateria da primeira fase. Os surfistas do Rio de Janeiro não conseguiram superar o havaiano Fred Patacchia e também estão na repescagem da competição. Patacchia venceu a bateria com 14.43 pontos, seguido por Vitinho, com 10.09, e Raoni, com 9.27.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
152