DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Passarella ameaçado no Corinthians

Ele assumiu a culpa e deve pagar o pato. Após a eliminação na Copa do Brasil, o técnico Daniel Passarella pode deixar o comando do Corinthians. Em entrevista à Rádio Jovem Pan,nesta quinta-feira, o vice-presidente de futebol do clube, Andrés Sanchez, mostrou clara irritação com o argentino e questionou o comportamento do treinador no caso Fábio Costa.

– Apesar dos erros cometidos, não vamos analisar o jogo de ontem. Vamos analisar os últimos dez dias, em que ele (Passarella) tomou algumas atitudes que não concordamos. E essas atitudes afetaram internamente o grupo do Corinthians – disse o dirigente, iniciando o período de fritura do treinador.

Segundo Sanchez, Passarella não está garantido no cargo, e seu futuro deve ser discutido em uma reunião entre a cúpula alvinegra.

– Sempre discutimos os assuntos do clube e os melhores argumentos vencem –

Sobre o voto de minerva, e se Kia aceitaria uma possível saída de Passarella, o vice de futebol afirmou:

– Em uma decisão desse porte prevalecemos muito mais eu e o Paulo Angioni do que o Kia – garantiu.

Andrés criticou duramente o afastamento de Fábio Costa e revelou que a diretoria corintiana pediu que ele esperasse alguns dias antes de acertar com outro clube.

– Quem me conhece sabe que eu sou sincero. Você não pode, depois de dois meses de trabalho, dizer que o goleiro não tem o perfil para o Corinthians. Todo mundo no clube, do elenco à diretoria, foi pego de surpresa. Eu jantei com o Fábio na segunda-feira, o Kia conversou com ele no dia seguinte. Pedimos que eles esperasse alguns dias antes de tomar qualquer decisão – esbravejou, admitindo o retorno do goleiro.

A respeito da não escalação do meia Roger no início da partida, Sanchez disparou.

– Ele é um jogador consagrado e, de repente, começa a ser sacado. É claro que o emocional do jogador é afetado.

O dirigente saiu em defesa do atleta sobre o pênalti desperdiçado.

– Ele tem uma história no futebol e não podemos falar que ele foi displicente –

O dirigente criticou, até mesmo, o desprezo de Passarella na questão da contratação de Javier Mascherano.

– Ninguém em sã consciência recusa um jogador como o Mascherano – finalizou.

No entanto, o presidente da MSI, Kia Joorabchian, é quem vai decidir se o técnico Daniel Passarella continuará no comando do Corinthians. Na noite desta quinta-feira, logo após o desembarque do elenco alvinegro no aeroporto de Congonhas, uma reunião no Parque São Jorge entre a cúpula alvinegra e o técnico deve definir o futuro da equipe. Segundo o diretor de futebol da MSI, Paulo Angioni, dificilmente Passarella deixa o Corinthians até domingo, quando o time enfrenta o São Paulo, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196