DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Parques nacionais virão opção de rota para os Ilegais.

Arizona – Quatro anos depois que narcotraficantes que fugiam da polícia mexicana mataram um guarda florestal, uma barreira formada por cabos de aço e concreto e veículos diminuíram quase em sua totalidade as tentativas de travessias no Parque Organ Pipe, situado no limite da fronteira com os EUA.

No entanto outros problemas persistem.

A campanha nacional contra o ingresso de ilegais e narcotraficantes logo após os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 tem obrigado muitas pessoas que cruzam a fronteira a encontrar acesso pelo Arizona através de áreas rurais.

Milhares de pessoas cruzam o parque a pé deixando muito lixo, fogueiras que em muitos casos gerando maiores incêndios e danificando os famosos cactos do parque.

Os agentes florestais passam a maior parte do tempo atuando como reforço dos agentes da Patrulha da Fronteira. São algumas das novas responsabilidades que os funcionários dos parques nacionais vêm assumindo depois de 11 de setembro.

“Me parte o coração ver o impacto ambiental que vem ocorrendo neste lugar”, disse Kathy Billings, diretora do Parque Organ Pipe.
Desde 2001 o Serviço de Parques receberam US 35 milhões adicionais em fundos. O governo também cedeu U$ 91 milhões de dólares aos parques famosos e U$ 18 milhões para criar a barreira de concreto e veículos em Organ Pipe.

Mas diretores de parques e grupos de defesa do meio ambiente dizem que os custo são mais alto.

Por exemplo, as autoridades de Organ Pipe gastam cerca de U$ 100 mil de seu orçamento no reparo da barreira de veículos e de uma escavadeira que é usada quase que exclusivamente pela Patrulha da Fronteira.

Logo após os ataque de 11 de setembro o departamento do Interior, que lida com os parques e terras públicas, advertiu sobre a necessidade de fortalecer a defesa nas áreas publicas, especialmente ao longo da fronteira, disse a sub-secretária do Interior, Lynn Scarlett

Pouco depois dos ataques, guardas florestais e outros funcionários dos parques foram designados a cumprirem outros deveres de maneira regular. Isso inclui proteger os momumentos nacionais, edifícios do governo e represas. Além dessas tarefas, os funcionários devem lidar com outra área, como a interceptação de narcotraficantes no Parque Nacional Amistad, no Texas, e no Parque Nacional Coronado, do Arizona.

No entanto os problemas mais freqüentes são registrados no Parque Nacional Organ Pipe.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
222