DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Paris tem sexta noite de distúrbios sociais; 60 carros são incendiados

Novos confrontos eclodiram na noite de ontem em vários bairros da periferia parisiense, onde veículos foram incendiados por grupos de jovens, de acordo com autoridades francesas.

Os conflitos atingiram o setor da “Cidade dos 3.000”, em Aulnay-sous-Bois (subúrbio norte), e a cidade de Beaudottes, em Sevran (norte). Além disso, mais de 60 veículos foram queimados em Seine-Saint-Denis, acrescentaram fontes policiais e da prefeitura.

Incidentes similares aconteceram em Villiers-le-Bel (Val-d’Oise, noroeste), Chelles (Seine-et-Marne, leste), Nanterre (Hauts-de-Seine, noroeste) e Mantes-la-Jolie (Yvelines, oeste), onde os jovens incendiaram vários carros.

A violência começou na quinta-feira passada, após a morte de dois jovens, de 15 e 19 anos, em Clichy-sous-Bois, eletrocutados em um transformador no qual haviam se refugiado por acreditarem estar sendo perseguidos pela polícia.

‘A noite está agitada’, informou a prefeitura de Seine-Saint-Denis, revelando que 62 veículos queimaram, incluindo 14 em Bondy, 15 em Aulnay-sous-Bois, 10 em Neuilly-sur-Marne e 14 em Blanc-Mesnil.

Um violento confronto ocorreu em Sevran, assim como em Tremblay-en-France, onde mais quatro veículos foram incendiados.

Em Aulnay-sous-Bois, um quartel dos bombeiros foi cercado por manifestantes.

Por volta das 01h30 local (21h30 Brasília), a situação em Seine-Saint-Denis era calma, após a prisão de uma dezena de pessoas.

Em Seine-et-Marne (leste), dois caminhões foram incendiados e a polícia prendeu vários jovens que tentavam atear fogo em veículos ou transportavam material inflamável.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
152