DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Para Andrade, jogo contra o São Caetano é decisão

A paciência de Andrade com a série de empates do Flamengo está no fim. O técnico sabe que, se o time quiser deixar a zona de rebaixamento, precisa vencer. Por isso, ele avisa: o jogo deste sábado, contra o São Caetano, na Ilha do Governador, é fundamental para a recuperação rubro-negra. O time carioca empatou as últimas quatro partidas, duas delas em casa.

– Temos que encarar o próximo jogo como uma final de campeonato. Já fizemos dois jogos em casa e não conseguimos a vitória. Agora, é fundamental para o Flamengo ganhar esses três pontos – disse ele em entrevista à Rádio Brasil.

Com 27 pontos, o Flamengo pode deixar a zona de rebaixamento se vencer – desde que o Brasiliense tropece no Fortaleza. Mesmo que permaneça entre os quatro últimos, porém, a vitória pode ser considerada um ‘investimento’ no futuro. Afinal, o Azulão tem 32 pontos e, se perder, passará a ser mais um dos ameaçados pelo fantasma da Série B. A equipe do ABC paulista terá de volta no comando o técnico Jair Picerni, retornando ao clube em que se destacou no início da década.

– A mudança de treinador motiva o grupo, por isso toda atenção para esse jogo é pouca – avisou Andrade.

Técnico espera poder escalar Ramirez

E o ex-craque rubro-negro tem outro motivo para não querer saber de outro empate. Dos 20 jogos do Flamengo sob o comando do treinador, em cinco passagens diferentes, 12 terminaram empatados. O Fla de Andrade acumula ainda oito vitórias e duas derrotas. Mas para ganhar as partidas, o time precisa fazer gols. E o técnico admite que essa é a tarefa mais difícil.

– Nosso ataque é o pior da competição, a explicação está aí. Temos dificuldade de fazer gols, nossos homens de frente não atravessam um bom momento. Contra o Santos, tivemos o domínio do jogo mas não fizemos o gol que nos daria uma vitória fora de casa – lembrou Andrade.

A nova esperança da torcida e do técnico se chama Cesar Ramirez. Andrade aguarda apenas a regularização do atacante paraguaio para confirmá-lo no jogo deste sábado.

– Se estiver tudo ok com a documentação, ele vai sair jogando. Em princípio, Fellype Gabriel será seu companheiro de ataque, mas não descarto a possibilidade de lançar o Fábio Júnior. Só que eu ainda preciso conversar com o departamento médico – contou Andrade.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
164