DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Pai coloca filha de dois meses no micro-ondas

Uma menina de dois meses que sofreu graves queimaduras após o pai a ter colocado num micro-ondas saiu segunda-feira de um hospital do Texas, depois de 11 dias de internamento e está reagindo bem.

A criança, que levou pelo menos dois excertos de pele, teve queimaduras na face e na mão, quando, no passado dia 10, o pai, de 19 anos, a manteve fechada num micro-ondas durante 10 a 20 segundos, num hotel, na ausência da mãe e da avó.

No micro-ondas, a polícia encontrou vestígios de pele que correspondem ao lado esquerdo do rosto e à mão esquerda da bebé que foram queimados.

O pai da menor, Joshua Mauldin, que poderá enfrentar uma pena de prisão de 99 anos por tentativa de homicídio da filha, confessou às autoridades que estava sob «stress» quando colocou a bebé no micro-ondas.

Em sua defesa, a mãe da criança, Eva Marie Mauldin, de 20 anos, contou a uma estação de televisão que o marido estava possuído pelo demónio e que este ameaçava Joshua porque ele queria ser padre.

«Ele nunca faria mal à filha, Satanás aproveitou-se da sua fraqueza», sustentou a mulher, acrescentando que tinham falhado as suas tentativas para curar o marido das perturbações mentais de que padecia.

A bebé ficou aos cuidados de uma instituição até ser entregue para adopção.

Gwen Carter, porta-voz dos serviços de protecção da criança norte-americanos, garantiu que a menor não tem mazelas internas e que «está reagindo bem».

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
244