DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Ordem executiva de Trump busca revisão do H1B

Share

O presidente Donald Trump assinou na terça-feira, 18, em Wisconsin, uma ordem executiva para revisão do programa de vistos H1B, buscando proteger e valorizar trabalhadores e produtos americanos.

“Essa ordem executiva vai proteger trabalhadores e estudantes como vocês”, discursou em uma fábrica local para estudantes e funcionários. Sob o slogan “Buy American, Hire American”, ordenou que as agências federais cumpram algumas medidas que visam impulsionar a compra de produtos americanos em contratos federais, sendo um dos objetivos ajudar siderúrgicas e empresas americanas.

Além de abordar a questão dos vistos, ele também ordenou uma revisão das regras de compras governamentais que favorecem as empresas americanas para ver se elas estão realmente beneficiando, especialmente a indústria siderúrgica americana.

A ordem executiva busca a revisão do visto H1B, voltado para trabalhadores estrangeiros, que Trump alega ser prejudicial aos americanos, por tirar vagas de trabalho aos nacionais. Os indianos são o maior grupo de receptores anuais do H1B.

A ordem não mudou as regras existentes e não deixou claro se teria resultados imediatos. Mas um dos objetivos, disse Trump, é modificar ou substituir o sistema de loteria atual para um sistema baseado no mérito que iria restringir os vistos a trabalhadores altamente qualificados.

O sistema de loteria do H1B tem sido bem criticado pelos aliados de Trump, que dizem que o mesmo beneficia empresas de terceirização com vistos para funcionários de baixo salário de tecnologia da informação, quando deveria valorizar cargos mais altos, profissionais mais qualificados e com melhores salários.

O governo usa a loteria para conceder aleatoriamente 65 mil vistos e distribuiroutros 20 mil anuais para estudantes de pós-graduação.

199 mil petições

O USCIS anunciou no dia 7 de abril que recebeu 199 mil petições suficientes para o ano fiscal de 2018. O período começou no dia 3 de abril. Em 11 de abril, o USCIS usou um processo de seleção aleatória gerado por computador, ou loteria, para selecionar as petições suficientes. As petições não selecionadas serão devolvidas com as devidas taxas.

O órgão ainda está aceitando petições para:

Pedidos de extensão do tempo do visto; alterar os termos de emprego para os atuais trabalhadores H-1B; mudança de empregadores; uma segunda posição de H-1B.

Com informações da Reuters.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Share

Tags: ,,

Gazeta News
Gazeta News
209