DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

O fantasma da TPM

Brigou com o filho, deu um passa-fora no marido, despediu a empregada, jurou ódio mortal à melhor amiga e correu à janela para se jogar. E de repente…Ufa! Tudo superado. Era só TPM!

A TPM, ou tensão pré-menstrual, tem sido o inferninho particular da mulher moderna. As antigas viviam mais preservadas, normalmente só trabalhavam em casa, de modo que podiam recolher-se ao leito com uma indisposição que se prolongava até o fim “daqueles” dias.
Pesquisa feita num presídio feminino dos EUA mostrou que 50% das presas cometeram os delitos fatais durante o período pré-menstrual. Entre as que provocaram acidentes de trânsito, 52% estavam na mesma situação. Os juízes são até mais benevolentes com as mulheres criminosas quando elas alegam TPM, e há mesmo que dar um desconto, porque tem dias em que a gente fica doida, prontinha para rosnar e morder (no mínimo).
Às vezes é tão infernal que os sintomas duram da ovulação até a menstruação, sem sabermos que são agravadíssimos por hábitos alimentares, stress, drogas e até relações domésticas: segundo as pesquisas, um dos piores fatores de risco para TPM é… viver com um homem! Professoras e funcionárias públicas gozam até hoje de um indulto menstrual. Podem faltar três dias por mês, vejam só, certamente para não estrangularem alunos e chefes.
Claro que nem todo mundo sente a tensão pré-menstrual com tanta ênfase, e há as que nem sentem. Quem sofre mais são as estressadas, as mais velhas e as que têm mais estrogênio circulando: gordinhas, ioiô (engordando e emagrecendo o tempo todo) e as que vivem com o intestino preso (quando as fezes se acumulam no intestino, o estrogênio contido nelas, que o fígado degradou e tratou de eliminar, é reabsorvido pelo sangue).
Como isso chega a acontecer? Na primeira fase do ciclo menstrual o óvulo está se preparando para deixar o ovário rumo ao útero. Se a fecundação não acontece entramos na segunda fase, que leva à menstruação. Ou seja, o período acumula toda a tensão de um movimento que não deu em nada, e a menstruação vai limpar o útero de um sangue que não serve mais. Não é nada parecido com a exuberância de uma primavera e um verão, tem os tons mais sóbrios e fechados de um outono e um inverno. A situação sugere recolhimento e repouso, como em qualquer fim de ciclo.

Viva Melhor
Dieta
Bem variada e rica em cereais integrais, feijões, vegetais e frutas. Muita salada verde temperada com azeite de oliva e limão. Pouca gordura. Pouco sal. Pouco volume de comida. Porções mínimas de carnes, aves, ovos, peixes e queijos. Porções minúsculas de doces, e nada de aperitivos salgados, carnes defumadas, picles ou alimentos preparados na brasa do carvão. Mas atenção. Regimes de poucas calorias são fatais para quem sofre de TPM. Isso porque o organismo reage diminuindo sua taxa metabólica, isto é, desacelerando a queima de nutrientes do mesmo jeito que a gente desacelera um automóvel para gastar menos gasolina.

Suplementos
Incluem cálcio, vitamina B6 e magnésio. Foi verificado que o sangue tem menos cálcio dez dias antes da menstruação, o que basta para deixar qualquer uma nervosa e tensa, já que o cálcio acalma. A vitamina B6, piridoxina, está quase sempre faltando e nunca é demais, que dirá nessa fase. E a ausência de magnésio nas células, quase sempre constatada na TPM, prejudica o equilíbrio delas, atrapalha a ação do cálcio e dá aquela vontade danada de comer chocolate.

Exercícios
Uma caminhada de uma hora por dia, num passo apertado que deixe você ligeiramente ofegante, já é o suficiente. Qualquer outro exercício como bicicleta, natação, dança, tênis, também pode ser eficiente.

Chás, ervas e raízes
Qualquer protetor hepático é bem-vindo: chás de dente-de-leão, boldo, carqueja e artemísia, 3 xícaras ao dia; tinturas de dente-de-leão e de bardana, meio conta-gotas duas vezes ao dia.

Homeopatia
Para quem está de mau humor, irritada, cheia de gases e com o intestino preso, Lycopodium é uma boa sugestão.
Mas se a moça fica de humor instável, ou triste e chorosa, com os olhos inflamados e o nariz escorrendo logo antes de menstruar, pode ser um caso de Pulsatilla. Em que dosagem? A critério da médica, como sempre.
Em caso de emergência, se você mesma tiver que decidir a dosagem, para ter segurança fique sempre nas baixas potências dos remédios: dinamizações de 3c a 6c no máximo, em doses de até 5 gotas ou 5 glóbulos de 2 em 2 horas.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
152