DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Nutro-ergonomia: a importância da saúde e bem-estar do trabalhador

A nutro-ergonomia não é muito conhecida, pelo menos não tanto quanto a nutrição esportiva. Mas, deveria ser, pois existem mais pessoas que se enquadram nessa categoria, que na nutrição esportiva.

A nutro-ergonomia é um segmento da nutrição que se preocupa com a saúde e bem-estar dos trabalhadores. Então, acredito que existam muito mais trabalhadores que esportistas, não é mesmo?

A nutri-ergonomia se baseia no fato de que a boa nutrição é essencial para a saúde do trabalhador e, dessa forma, no seu desempenho no trabalho. Por exemplo, a hidratação. Poucas pessoas sabem quais são as formas de se perder água. A urina e o suor são as formas mais conhecidas, mas perdemos também muita água pela respiração. Aquelas pessoas que trabalham falando perdem muito mais água que aquelas que trabalham caladas. A desidratação influencia em muitos aspectos fisiológicos, como a diminuição do volume sanguíneo, que por sua vez sobrecarrega o coração, também diminui a capacidade cognitiva, afetando o desempenho. Por outro lado, aqueles trabalhadores que se mantêm hidratados mostram um número menor de acidentes no trabalho e de erros cometidos.

Entre os trabalhadores que precisam manter a atenção o consumo de cafeína tem sido amplamente utilizado. Na verdade, se a dose de cafeína não passar do recomendado teremos apenas benefícios. (3–6 mg/kg de cafeína por quilograma de massa corpórea ou em média 200–400 mg por dia para adultos). Doses maiores que 500mg por dia podem resultar em distúrbios gastrointestinais, ansiedade, irritabilidade, aflição e inabilidade de manter o foco.

A nutrição adequada para os trabalhadores visa a manutenção da saúde e dessa forma deverá levar em conta a sua individualidade e o tipo de trabalho realizado. A nutro-ergonomia é baseada no fornecimento de água limpa e à vontade, assim como tempo suficiente para se hidratar. Ingestão de cafeína sem que ela seja utilizada além da segurança para cumprir horas a mais no trabalho. Os trabalhadores deverão ter acesso a alimentos ou devem ter a liberdade de poder levar alimento para o trabalho. Além disso, deverá existir um local adequado para a refeição. Se a empresa fornecer alimentos, os trabalhadores devem ter a informação nutricional. E, por último, a empresa deverá incentivar o consumo de alimentos saudáveis e a prática de atividades físicas.

Essas diretrizes podem parecer óbvias, mas muitas vezes as empresas não se preocupam devidamente com a saúde dos seus empregados e ainda utilizam o sentimento de medo de perder o cargo para que os trabalhadores usem seus horários de alimentação para trabalhar. A nutrição adequada traz para a empresa muito mais produtividade, pois diminui os casos de faltas por enfermidades, diminui a possibilidade de erros por desatenção e melhora o ambiente de trabalho. Se ainda a empresa incentivar o conhecimento sobre nutrição e boas escolhas de alimentos, esses conhecimentos serão expandidos para as casas e para as famílias.

A ergo-nutrição abrange todas as famílias e toda a população e por isso é de suma importância que esse conhecimento seja divulgado.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]

Tags: ,,,,

Ivani Manzo
Ivani Manzo
Dra. Ivani Manzo é doutora em Ciências pela Escola Paulista de Medicina UNIFESP – EPM com ênfase em obesidade, gestação e exercício. Em 2010 iniciou seus estudos em Life Coach e desde então trabalha ajudando as pessoas a alcançarem seus objetivos.
201