DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Novo Harry Potter pode ser o livro mais rapidamente vendido da história

“Harry Potter and the half-blood prince”, o penúltimo volume da saga do mago britânico, pode ser o livro mais rapidamente vendido da história. A rede britânica Waterstone’s prevê que 10 milhões de cópias podem ter sido vendidas em todo o mundo durante as primeiras 24 horas nas prateleiras. Os números reais ainda estão sendo apurados.

Só nos Estados Unidos, de acordo com “BBC”, foram vendidas 6,9 milhões de cópias durante as primeiras 24 horas, um recorde de vendagem no país. O livro vendeu mais de 250 mil cópias por hora após seu lançamento no país. O recorde anterior também pertencia a autora JK Rowling, com “Harry Potter e a ordem de Fênix”.

A editora americana do livro, Scholastic, diz que o número de festas de lançamento do novo volume aumentou de 800, em 2003, para 5 mil, no sábado.

Os primeiros números mostram que a vendagem só nos EUA gerou mais de US$ 100 milhões neste fim de semana. O que significa mais do que a arrecadação de filmes como “A fantástica fábrica de chocolate” e “Penetras bom de bico” juntos.

– Quando um livro faz mais dinheiro do que filmes, é sinal de que estamos em uma fase excelente – diz a porta-voz da Scholastic, Lisa Holton ao site “BBC”. – É motivo para comemoração, não apenas para a Scholastic, mas para amantes da literatura em geral.

As primeiras contagens mostravam números absurdos na Grã-Bretanha. A rede britânica WH Smith registrou vendas de 13 livros por segundo em suas 391 lojas nas primeiras horas do sábado. A quinta aventura de Harry Potter vendeu oito cópias por segundo.

O lançamento, um minuto depois da meia-noite na Grã-Bretanha, encerrou meses de estratégias para proteger o conteúdo do penúltimo capítulo da saga do mago-mirim. Crianças fantasiadas de bruxas, de magos e de outros personagens da série invadiram as lojas.

A autora, J.K. Rowling, leu trechos do livro em um castelo de Edimburgo e foi entrevistada por um jovem fã.

Destacando a ansiedade com o livro, horas depois do lançamento surgiram comentários na internet, a maioria favoráveis.

– Com a conclusão dramática e violenta, este livro é de longe o mais misterioso e perturbador de Harry Potter – escreveu Indigo Ellis, de 12 anos, no “Sunday Telegraph”. – Talvez faça outras crianças de sete anos chorar. Mas é o melhor até agora.

Uma minoria criticou a obra de 607 páginas.

– É fraco e não muito bem editado – talvez um pouco menos criativo do que os anteriores – escreveu neste domingo Suzi Feay, editora de literatura do jornal britânico “The Independent”.

Robert McCrum escreveu no jornal “Observer”: “O tema dominante de HP6 é apresentar problemas para resolução em preparativo para o volume final, o HP7”.

De olho em uma enorme oportunidade de marketing, as editoras lançaram duas versões do livro no sábado, uma para adultos e outra para crianças. Supermercados, lojas virtuais e livrarias entraram em uma guerra de descontos.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
200