DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Novas e polêmicas medidas de segurança serão implementadas nas escolas públicas da Florida.

Enquanto os professores se preparam nesta quinta-feira para o início oficial do ano escolar nas escolas públicas do sul da Florida, que para os estudantes começam na próxima segunda-feira (14), novas medidas de segurança, que entram em vigor este ano, começam a ser implementadas. Medidas que mudarão a rotina escolar tanto dos alunos como dos pais e até mesmo dos professores.

As novas medidas vão desde o levantamento de antecedentes até registro das digitais, que serão aplicadas às pessoas que visitarem as escolas públicas de Miami-Dade e Broward, dependendo de cada caso.

As medidas de segurança constituem uma exigência da lei Jéssica Lunsford, em homenagem à jovem da florida que morreu nas mãos de um estuprador que vivia em sua vizinhança.

Em Broward, o sistema será mais sofisticado: os visitantes mostrarão uma ID e após serão fotografados para obterem autorização de entrada. Logo depois, uma máquina imprimirá uma folha com os dados do visitante.

“Em Miami-Dade, todas as pessoas que forem a um centro educativo terão que se apresentar, obrigatoriamente, no escritório do diretor para ser atendido, e em alguns casos apresentar uma identificação para vê si está na lista dos estupradores”, detalhou Olga Bichachi, uma porta-voz do sistema escolar

“Se essa pessoa é um estuprador e têm um filho na escola, terá direito de visitar seu filho, mas estará acompanhado de um oficial de segurança”, explicou a porta-voz.

Em Broward, haverá dois níveis de segurança. Primeiramente as informações sobre os visitante serão registrados em um banco de dados. Depois deverão ser registradas as digitais, uma prática mais comum entre os contratados, e pessoas que ajudam o plantel educativo.

Salários à base do desempenho

Um grupo de escolas também foi selecionado para iniciar o polêmico e novo “test” para medir o desempenho profissional dos professores no condado, cujos resultados servirão para estabelecer a base do salário “de acordo com o desempenho”.

Jô Anne Gans, a nova diretora do ensino secundário de Coral Gabe, declarou que os 170 professores do centro decidiram no dia de hoje (10) conhecer os novos parâmetros que apresenta o citado “test”.

“Vamos mostrar os parâmetros aos professores para que eles se familiarizem com o novo sistema de avaliação, já que somos uma escola modelo”, concluiu a diretora Gans.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
223