Regra para pedido do perdão é para imigrantes que entraram no país ilegalmente, esclarece advogada

Com as notícias da implementação de novas regras para o processamento do perdão, muitas informações cruzadas e incorretas confundiram ainda mais os imigrantes que poderiam se enquadrar no benefício.  Assim sendo, a advogada Iara Nogueira Morton esclareceu detalhes ao GAZETA.

“O novo regulamento para processamento mais rápido do perdão/waiver continuará a beneficiar os mesmos grupos que sempre foram beneficiados no passado, ou seja, imigrantes que entraram sem inspeção imigratória (exemplo: via México), estão casados ou estão para se casar com cidadãos americanos, não possuem antecedentes criminais e, de preferência, não tenham recebido no passado Ordem de Retorno Voluntário nem de Remoção.  Imigrantes menores de 21 anos (que também tenham ingressado sem visto) e que hoje tenham pai ou mãe americanos, podem também se beneficiar. E por fim, em determinados casos, é possível também o processamento consular para certos pais de cidadãos americanos (com 21 anos ou mais) que tenham ingressado no país sem visto e tenham vivido no país ilegalmente, dependendo de cuidadosa análise dos fatos do caso em tela”, disse Iara, que tem escritório em Fort Lauderdale.

A advogada ressalta também que, como sempre, cada caso deve ser analisado com máxima atenção. “Mesmo se o imigrante já tenha recebido Ordem de Retorno Voluntário ou de Remoção, dependendo da data e das circunstâncias, esta Ordem necessariamente não quer dizer que o imigrante esteja impedido e não se qualifique.  Inclusive, mesmo se o imigrante tenha entrado anteriormente com algum processo imigratório (exemplo: Lulac), isto também não significa que ele esteja impedido e não se qualifique”.

Imigrantes que entraram com visto
O imigrante que entrou com visto e caiu na ilegalidade por ter ficado além do prazo permitido (não tendo antecedentes criminais, nem algo que o sujeite a um impedimento permanente para se ajustar) não necessita de “waiver”, nem de processo consular se ele tem cônjuge americano, ou filho de 21 anos americano, ou é menor de 21 anos e tem pai ou mãe americano, de acordo com a advogada.

“Estes imigrantes podem ajustar seu status imigratório dentro dos EUA em questão de seis meses, sem a necessidade de pedido de perdão”, esclarece Iara. “Note, inclusive, que mesmo se eles tenham tido processos anteriores negados (exemplo: Lulac, ou até mesmo um casamento fraudulento), ou mesmo se tiverem cometido algum pequeno delito criminal, ou mesmo se tiverem recebido uma Ordem de Remoção no passado, dependendo do caso e das circunstâncias, poderão de igual forma se ajustar dentro dos EUA, seja junto ao departamento de Imigração ou perante a um juiz de Imigração, pois existem também outros ‘waivers’ disponíveis que podem ‘curar’ certos problemas e falhas que, porventura, o imigrante tenha cometido no passado. Vale ressaltar que uma falha incurável e para a qual não há perdão ou waiver, é clamar ser cidadão americano – neste caso, não há mesmo como ajustar status nem diante de um juiz e, claro, no caso de crimes, quão mais grave o crime, mais improvável a possibilidade de se obter residência”.

Entenda a mudança no pedido de perdão
Até antes de outubro de 2012, a entrada do pedido de perdão/waiver, que é a última fase do processo, era feita junto ao DHS no Peru, e demorava, em geral, mais de um ano até ser deferido. Por aprovação do DHS, o waiver passou a ser protocolado junto ao USCIS de Vermont, desde outubro do ano passado, com a promessa de aprovação em apenas 90 dias, somente depois da entrevista do casal no Consulado Americano no Brasil. Mesmo assim, o casal ainda tinha que sair do país e esperar por, pelo menos 90 dias, a aprovação do waiver.

Mas a meta ainda era evitar ou reduzir o tempo de separação das famílias, e foi isso que acabou de ocorrer. A partir de março, os pedidos de perdão/waiver poderão ser protocolados dentro dos EUA, depois de o imigrante ter completado as fases do processo junto ao USCIS e o National Visa Center. Mais detalhes, como o tempo para a aprovação ou quando o imigrante terá que ir ao Brasil, sairão em março.

34 ideias sobre “Regra para pedido do perdão é para imigrantes que entraram no país ilegalmente, esclarece advogada

  1. Gostaria de saber eu e meu filho moramos or 14 anos no usa em junho viemos ao brasil e aproveitamos
    para fazer a nossa cidadania Italiana,voltamos no dia 10 setembro e nao deixaram nos entrarmos
    Por ter vivido inlegal,entrei pelo canada e vou me casar com minha namorada e possivel ter a lei do perdao?
    Espero resposta

  2. ENTREI PELO MEXICO NO ANO DE 2001 COM MEU FILHO Q TINHA 2 ANOS NA ÉPOCA. FOMOS PEGOS NA FRONTEIRA, FICHADOS E LIBERADOS PARA FICAR NA CASA DE UM BRASILEIRO LEGALIZADO E DEVERÍAMOS TER CORT EM 6 MESES RETORNARMOS AO BRASIL. NÃO COMPARECEMOS. FICAMOS ILEGAL MAS VOLTAMOS AO BRASIL EM 2005. TENHO UMA FILHA DE 9 ANOS QUE NASCEU NOS EUA.
    QUANDO MINHA FILHA FIZER 21 ANOS POSSO TER O PEDIDO DE VISTO NEGADO POR EU TER ENTRADO ILEGAL PELO MEXICO?
    TENHO QUE ME APRESENTAR AO CONSULADO PRA COMEÇAR A CONTAR OS 10 ANOS DE CASTIGO, SE É QUE ME ENQUADRO NOS 10 ANOS?
    O MEU FILHO QUE TINHA 2 ANOS QUANDO ATRAVESSEI A FRONTEIRA É PENALIZADO POR EU TER ENTRADO COM ELE? NESTE CASO ALGUM DIA O NOME DELE SAI DOS REGISTROS?
    TEM COMO PROCURAR ESSES REGISTROS E VER QUAL É A NOSSA SITUAÇÃO?
    OBRIGADA,
    ALCIONE

  3. Eu entrei nos Estados Unidos, 03 de abril de 2010, com um visto de estudante “F1″, paguei o curso por 3 meses em Fort Lauderdale, mas fui para a escola por apenas duas semanas, depois acabei abandonando o curso e fui para a Filadélfia. Permaneci no país até 12 de Janeiro de 2012 (um total de 1 ano e 9 meses) .
    Estou namorando um americano e queremos nos casar, então entramos em contato com um escritório de advocacia para averiguar qual seria a nossa melhor opção, tentar o visto de noiva K1 ou nos casarmos aqui no Brasil e depois entrar com a solicitação. Eles nos disseram que eu tenho um castigo de 10 anos por ter ficado ilegal mais de 1 ano e que eu teria que me casar no Brasil e só depois entrar com um advogado. Eles disseram que mesmo assim as nossas chances são abaixo de 60%. Eu gostaria de saber se esta informação esta correta. Quais são as minhas reais chances??

  4. Olá Iara, boa tarde.
    Vou aos EUA desde 2010 pelo menos 4 vezes ao ano pois faço cursos lá regularmente. Em 2012 comecei a namorar um americano e ficar mais tempo nas minhas idas, tipo de 1 a 3 meses e sempre tive o visto de permanencia por 6 meses, que nunca ultrapassei. Este ano em fevereiro me programei pra passar os 6 meses de direito lá, levando a minha filha. Fui pra salinha na imigração pra explicar minhas intenções e falei toda a verdade. Eles consideraram que eu estava indo imigrar e por isso me deram permanencia de 1 mes, no passaporte. Depois de uns dias eu descobri que no sistema me deram 6 meses e pra minha filha de 11 anos, 1 mês. Resolvi ficar os 5,5 meses que tinha me proposto e matriculei minha filha numa escola pública, o que eu não tinha certeza que era considerado quebra de acordo com a imigração. Bom, consultei uma advogada antes de voltar pro Brasil que me esclareceu tudo e disse que se eu casasse e pedisse o ajuste de status tudo ficaria bem, mas não estávamos decididos a casar ainda. Voltei para o Brasil e precisei renovar o meu visto de turista para ir ao curso lá, que me foi negado alegando meus vinculos lá nos EUA e também o fato de eu ter colocado minha filha numa escola pública. Depois disso eu e meu namorado decidimos casar, e eu gostaria de saber se posso aplicar direto para o visto de noiva ou se devo fazer antes um waver? Minha filha estudou 3 meses numa escola pública e ficou 4 meses além do prazo de permanencia que ela tinha. Quais as consequencias disso? Tenho chances de ter meu visto de noiva negado também? Como devo proceder? Agradeço sua atenção. Muito obrigada.

  5. Oi, entrei nos U.S.A ilegalmente em 2005, apartir dai fui deportada por 3 vezes, sendo que a ultima vez foi em janeiro de 2011 e nao tenho descendentes criminais. Gostaria de saber se tenho alguma chance de retornar ao pais e quais providencia terei de tomar. Aproveitando, minha filha tem 27 anos tambem entrou nos U.S.A na mesma data e situacao que eu, porem nao foi deportada e continua la a 9 anos, existe alguma lei que podera legalizar. Desde ja agradeço. Aguardo resposta.

  6. \primeiramente gostaria de agradecer por vc se colocar a disposição de responder perguntar. Minha mae morou nos estados unidos por 11 não, qdo eles apenas lhe deram 6 meses. Depois ela voltou para os estados unidos 4 vezes e nunca mais ficou além do tempo permitido. Dessa ultima vez , ela foi detida e esta presa desde então, tem 5 dias, minha pergunta, estou atrás de um advogado que possa me ajudar, porem todos so querem falar comigo depois q pagar. Sua acusação e apenas crime federal e não imigratório. eles dizem q ela respondeu algo falso na hora da obtenção do visto, minha pergunta, ela corre o risco de ficar presa la por muito tempo além da deportação? E segundo ela poderá num futuro tentar um pedido de perdao.

  7. Olá, boa tarde! Meu marido tentou entrar nos EUA em junho de 2004 com um passaporte montado( pegaram o passaporte de um amigo que possuía o visto e trocaram a foto pela dele) e foi preso no aeroporto de Miami por crime federal. Ficou uns 3 meses preso lá até assumir a culpa e ser deportado. Disseram à ele lá que deveria ficar 5 anos sem tentar entrar lá. Em dezembro do mesmo ano ele resolveu ir pra lá através do México, conseguiu chegar só destino e lá ficou por quase 2 anos, resolvendo então vir embora. Não teve problema algum desta vez. Há quase 1 ano atrás foi ao consulado tentar o visto, mas alegaram que ele não era elegível e não seria em momento algum devido a prisão! Gostaria de saber se aí caso cabe o waiver. Obrigada, aguardo.

  8. Tenho um conhecido na Nova Zelândia que tem o visto de estudante limitado, e se inscreveu num programa que eram 300 vagas de trabalho, a inscrição era pelo computador, ela fez, pagou 160 dolares taxa e quando ela estava no sistema fazendo a inscrição o visto dela não permitia prosseguir e ela continuou com o de estudante, mas não limitado, agora a imigração enviou e mail pedindo esclarecimentos.
    Peço se possível nos ajude a elaborar uma carta para eles, obrigada.

  9. fui pego pela imigração nos EUA e fui convidado a sair do país, isso em 1993 não ultrapassei o tempo de 6 meses que me deram na entrada dos EUA, desde então
    não consigo tirar o visto , tentei por 3 vezes 02 dessas recentemente a 2 anos.
    existe a possibilidade do WAIVER?
    no aguardo

  10. ola como outros tb tenho perguntads, vivi nos ESTADOS UNIODS ilegal , me casei e aplique para waver , foi negado , e possivel recorrer novamente

    • Não há como apelar a negativa de um Waiver, mas você pode compilar outro e protocoliza-lo novamente p/ nova tentativa de aprovação. A compilação de um super forte Waiver packet é essencial p/ conquista de aprovação. Já contamos com várias aprovações destes novos Waivers. Iara Morton, advogada. FL, NY & DC Bar Member

  11. Por favor necessito de maiores informações poi encontro-me totalmente sem saber o que fazer.Bom no dia 14/07/2014 estive no RJ para uma entrevista solicitando visto de parente,pois meu filho é cidadão americano.Estava crente que tudo ia dar certo,porém eles negaram meu visto alegando que eu havia ultrapassado o tempo de permanência nos EUA,morei durante dez anos,disso eles me alegaram que tenho que aguardar 10 anos aqui no Brasil.Como posso reverter essa situação posso solicitar a lei do perdão.Não tive problemas com o país enquanto vivia la,estou apavorada com a idéia de aguardar todo esse tempo,ficarei imensamente grata em receber orientações de voces,obrigada ,aguardo

    • Sinto muitíssimo, mas eles estão corretos. Você está impedida por 10 anos, contados apartir do momento que você partiu. Não existe Waiver/Perdão em processo de filho americano peticionando em favor dos pais. Sto muito!

  12. Bom dia,

    Eu apliquei para o visto de imigrante através do meu irmão que e naturalizado americano, mas foi negado em 2011, por motivo de falsificação de documento que nem eu sabia.
    Entrei nos Estados Unidos com visto de turista que na época paguei a uma agencia de turismo para obter o meu visto. A pergunta é eu posso pedir o perdão (WAIVER)? Tenho uma filha americana de 18 anos.

    atte. Anilbo

    • Creio que vc quis dizer que houve falsificação no seu visto (e não na obtenção da cidadania de seu irmão). Filho americano só pode peticionar em favor dos pais qdo tem 21 anos, no entanto, se vc está ilegal no país (por ter entrado com visto falso) você não conseguirá ajustar seu status aqui dentro nem tampouco existe Waiver/Perdão p/ processo de filho em favor de pais. Sto mto!

  13. Ola gostaria de saber como faco p aplicar p o waver? tenho um namorado americano q vivemos juntos nos eua por 5anos, ms eu fui ilegal pelo mexico, e vim deportada, ms ele veio ao Brasil o ano passado, ms nao teria solucao mesmo com o casamento, pela multa de 10 anos q me deram,ja se passaram 4 anos, ms ainda tenho q esperar mais, 6 , mto tempo p nos. Por favor,aguardo resposta. Obrigada

    • ola gostaria de saber oque tenho que fazer para dar entrada com o pedido de waiver,entrei nos eua pelo mexico fiquei ilegal por 7 anos fui deportado em 2012 mais nao tenho record criminais,tenho uma namorada americana se casar com ela aki oq tenho que fazer pois quero mt voltar pra la ,e eu preciso de um advogado de imigracao pra conseguir o waiver ou posso fazer isso sozinho,e quanto tempo pode demorar para ser aprovado. desde ja agradeco.

    • Sim, você está barrada por 10 anos – o ideal seria esperar passar os 10 anos pois ao contrário precisaria de 2 Waivers o que é improvável que lhe concederão. Se vc estivesse ainda aqui dentro seria diferente, e até poderáimos ter sucesso, mas uma vez deportada e no Brasil o processo muda. Sto mto.

  14. Vou contar minha historia. Em 2001 eu e o meu marido conseguimos o visto de turista americano, mas chegando la resolvemos ficar devido a problemas de saude. Tive um acidente motobilistico no Brasil a uns anos atras. Minha perna precisava passar por cirurgias que no Brasil eu nao teria condicoes de faze-las. Quando chegamos nos EUA meu joelho piorou muito quase nem conseguia mais andar. O meu marido conseguiu um emprego para que ficassemos la para que eu tivesse a chance de operar. permanecemos la i;igalmente por 8 anos. Fiz minhas cirurgias e hoje estou muito bem fisicamente. Se eu nao tivesse essa chance de fazer as cirurgias nos EUA talvez hoje eu estaria em uma cadeira de rodas. Depois de 8 anos ilegalmente nos EUA resolvemos voltarmos devido as dificuldades de vivermos como imigrantes ilegais naquele pais. Pagamos nossos impostos enquanto estivemos la. Passamos 4 anos no Brasil e resolvemos voltarmos. Conseguimos o visto americano de turismo novamente, mas no formulario mentimos que nunca haviamos tido la. Eles nos deram 6 meses de permanencia como turistas. Fomos e novamente ficamos por la sem ultrapassarmos os seis meses dados a nos. Por gostar muito dos EUA meu marido resolveu conseguir o visto de estudante. Enquanto isso trabalhava la. Fez as provas numa certa faculdade, passou. Casamos la para conseguirmos meu visto de acompanhante. Antes de vencer nossa permanencia voltamos para o Brasil para esperarmos o I20 da faculdade para trocarmos o visto de turista por o de estudante. Qiando fomos ao Rio para trocarmos o visto ele nos foi negado, pois o consulado descobriu nossa permanencia ilegal naquele pais e descobriu que haviamos mentido. Por favor, quero saber se o nosso caso pode ser revertido ou ate perdoado se eu alegar que preciso seguir com o meu tratamento com o medico que me operou la. O medico me deu uma carta dizendo que eu preciso seguir com os tratamentos. Tentamos o mudar o nosso visto a um mes atras e ele foi negado. Oconsul nos disse que nao podemos mais voltarmos nos EUA. Por favor preciso saber algo sobre o perdao. Aguardo uma resposta. Feliz 2014.

    • Sto muito dizer mas vocês provalvemente estarão barrados permanentemente, pois após terem conseguido entrar (o que já havia sido um milagre) ainda arriscaram mais e retornaram e voltaram de novo, e há consequências legais p/ tal. Sto muito! Não há waiver/perdão p/ tal.

  15. gostaria de saber como aplicar para o waiver.como vivi 12 anos nos usa,voltei devido o meu esposo ter sido deportado,mas gostaria de ir visitar minhas filhas que ficaram la, e inclusive uma delas ja tem cidadania a 5 anos.

    • Você está barrada por 10 anos e não existe perdão em processo de filhos em favor dos pais. Tem que esperar até passarem os 10 anos p/ tentar novo visto ou tentar petição p/ GC através da filha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>