DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Neymar: vítima dos zagueiros ou novo ‘bad boy’ dentro do campo?

Villarreal CF v FC Barcelona - La LigaO Barcelona venceu por 1 a 0 o Granada, no último fim de semana, mas o principal assunto da imprensa espanhola não foram os três pontos conquistados pelo time catalão, mas o desentendimento entre Neymar e o zagueiro Rubem Vezo, do time adversário, no fim do jogo. No início desta semana, sites europeus divulgaram um vídeo que mostra o craque brasileiro empurrando o rival numa escada que conduzia ao vestiário.

O desentendimento com Vezo aconteceu nos minutos finais do jogo. Neymar cometeu falta dura num outro jogador do Granada, e recebeu cartão amarelo. Naquele momento, Vezo já se aproximou reclamando do brasileiro, que reagiu, e houve discussão. Os dois se encararam e trocaram xingamentos. Neymar parece dizer ao adversário para resolverem a questão fora de campo, depois do fim do jogo. Vezo aceitou a provocação e ambos deixaram o campo batendo boca.

Independente do fato em si, o que comentaristas, torcedores e treinadores começam a questionar é até que ponto Neymar é vítima das botinadas e vem reagindo, ou se o craque brasileiro está cada vez mais ‘bad boy’, ignorando a imagem que construiu no Santos e adotando um estilo de vida – dentro e fora do campo – que pouco tem a ver com o ‘menino da Vila’.

Sua genialidade dentro das quatro linhas tem dividido espaço cada vez mais com seus rompantes e atitudes intempestivas. A verdade é que Neymar precisa colocar a cabeça no lugar, não entrar nas provocações e não permitir que sua vida particular coloque em risco tudo aquilo que seu inegável talento já conquistou – e tudo o que ainda vem pela frente. Caso contrário, exemplos como Adriano e Ronaldinho Gaúcho estão aí para mostrar que a carreira pode descer a ladeira sem freio.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Tags: ,,,

Daniel Galvão
Daniel Galvão
Jornalista especializado na cobertura política e econômica do Brasil e do mundo. Credenciado pela Federação Internacional de Jornalistas. Morou na Espanha por quase 3 anos. Tem passagens em diversos veículos de comunicação (emissoras de TV, rádios e jornais) do interior do estado do Rio de Janeiro. Atuou por anos como chefe de reportagem e editor-chefe de periódicos na Região Serrana e dos Lagos do RJ. É blogueiro, colunista, produtor de conteúdo para redes sociais, assessor de imprensa e redator. Pastor por vocação, marido por amor e pai de duas meninas como missão. Apaixonado pela vida.
235