DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Mulheres criam banco de dados com supostos cafajestes.

O site norte-americano Don’t Date Him, Girl (algo como Não Saia Com Ele, Garota) deve complicar a vida de homens desonestos, a página escrita em inglês trata principalmente de supostos cafajestes dos EUA, mas também é possível encontrar brasileiros e homens de outras nacionalidades por lá.

No endereço, mulheres detalham experiências amorosas ruins, muitas vezes divulgando o nome dos ex-parceiros, onde eles vivem, “modus operandi” e até suas fotos.

“Este é um poderoso fórum on-line para as mulheres dividirem suas experiências e alertarem outras sobre aqueles que já mentiram ou traíram”, diz a página que tem notícias, fórum de discussão, loja virtual, podcast, ferramenta de busca e uma lista com os homens que devem ser evitados.

Muitos dos “selecionados” para esta lista aparecem sorridentes, em fotos provavelmente tiradas por suas parceiras antes da traição. No perfil de Jason Leverton, por exemplo, sua ex-noiva conta que ele pegava dinheiro emprestado e se relacionava com outras mulheres. “Ele é famoso por nunca pagar empréstimos”, diz.

Há também a história de Mclaine Dorian, que “parece um anjo quando você o conhece”, no entanto, esta internauta em fúria diz ter pego no flagra seu parceiro que “não gosta de se proteger durante o sexo”. Além disso, fala do preconceito que ele tem em relação aos homossexuais e da vantagem financeira que tira das mulheres.

Os homens que se sentirem ofendidos podem enviar um e-mail com seu lado da história, que será colocado junto ao perfil do difamado.

Processo

Por motivos óbvios, a página desagrada muitos e já se tornou alvo de processo nos Estados Unidos. O advogado Todd J. Hollis abriu um processo nesta terça-feira contra os responsáveis pelo endereço, dizendo que não há como ter certeza se as acusações postadas na página são verdadeiras.

Tasha C. Joseph, 33, criadora do site, se defende dizendo que os homens também podem divulgar suas versões sobre os fatos. Segundo a agência de notícias Associated Press, a advogada Lida Rodriguez-Taseff diz que a página de sua cliente “funciona como uma cafeteria, onde as pessoas vão e jogam conversa fora”. Confira em: http://www.dontdatehimgirl.com/

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
223