DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Mulher morre após ser atacada por Pit-Bull

Uma americana que estava visitando parentes na Flórida morreu hoje por causa dos ferimentos causados por um cachorro da raça pit-bull.

Mary Bernal, de 62 anos, estava na casa de familiares em Deytona Beach, quando foi atacada hoje por causas ainda desconhecidas por um cachorro da raça pit-bull, pertencente a sua cunhada, Estella Macies, de 52 anos.

Segundo informou o periódico em sua edição digital, Macies tentou separar o cachorro, mas foi impossível porque o animal se voltou contra ela e lhe mordeu uma mão, até o ponto de quase lhe arrancar um dedo.

Rudy Bernal, esposo da vítima, disse que o cachorro não “soltava” de maneira nenhuma sua esposa, mordendo-a várias vezes no rosto e quase arrancou seu couro cabeludo.

Bernal explicou ao jornal que o cachorro não soltou sua esposa até que um policial disparou com uma pistola elétrica contra o animal.

A mulher foi transportada de helicóptero ao Centro Médico de Halifax, onde morreu.

A raça pit-bull é catalogada como potencialmente perigosa.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153