DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

MP vai pedir que bispos da Renascer sejam investigados nos EUA

O Grupo de Atuação de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) divulgou que o Ministério Público Estadual de São Paulo pedirá que o casal Estevam Hernandes Filho e Sônia Haddad Moraes Hernandes, fundadores da Igreja Apostólica Renascer em Cristo, seja investigado nos EUA por lavagem de dinheiro. Eles tiveram que pagar fiança de US$ 100 mil (US$ 50 mil de cada) para serem libertados pelo FBI em Miami.

O casal, que havia embarcado para os Estados Unidos na noite de segunda-feira em Guarulhos (SP), foi preso porque declarou à alfândega americana que carregava menos de US$ 10 mil em dinheiro – valor permitido pelo país -, mas tinha US$ 56 mil .

O apóstolo Estevam e a bispa Sônia, como são conhecidos, eram monitorados pelo Ministério Público e a Polícia Federal no Brasil. Embarcaram para os EUA após liminar da Justiça, expedida em dezembro, revogando um pedido de prisão preventiva. Eles eram considerados foragidos. O casal celebrou o casamento do jogador Kaká e atrai muitos fiéis nos eventos religiosos.

No Brasil, o casal é acusado de lavagem de dinheiro, falsidade ideológica, evasão de divisas e estelionato. Os crimes envolveriam as doações de fiéis e a abertura de empresas fantasmas.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
152