DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Motorista de Uber é multada em Miami por não falar inglês

Share

Carro utilizado pelo sistema de transporte Uber. Foto: flickr.

Uma motorista do sistema de transporte Uber, Carmen Echevarria, foi multada em $250 dólares por violar uma ordem do condado de Miami-Dade que cita que todo motorista de sistema de transporte deve dominar a língua inglesa.

A motorista estava com uma passageira nos arredores do Miami International Airport quando teve dificuldade para entendê-la e acabou revelando que falava pouco a língua inglesa. “Eu me senti discriminada”, disse Echevarria ao canal de TV Telemundo 51. “Eu perguntei ao (o passageiro sentado em seu carro): Você pode ajudar a traduzir o que ela está dizendo? Então ela perguntou por que e como eu era um motorista de Uber se eu não falava inglês”, explicou.

“Eu disse a ela ´sinto muito, só falo um pouco de inglês´. Ela (a passageira) então chamou o inspetor que também me confrontou e disse que para ser um motorista de Uber, eu preciso falar inglês”, declarou.

Em maio de 2016, o condado de Miami-Dade emitiu um memorando com regras para motoristas de rede de transporte – e um dos requisitos para o trabalho é a “capacidade de comunicação em inglês”.

A Diretora de Relações Públicas do Departamento de Transportes de Miami-Dade, Karla Damian, emitiu uma declaração tentando esclarecer a regra. “O Código não exige que o condutor seja” proficiente “na língua inglesa, mas o motorista deve ter algum conhecimento da língua inglesa para se comunicar com um passageiro em caso de emergência ou para receber e entender instruções básicas do (s) passageiro (s) “, escreveu Damian.

No mês passado, o governador da Flórida, Rick Scott, assinou a lei CS / HB 221, que substitui as leis locais, como a exigência de inglês em todo o estado, e também exclui os requisitos de seguro e verificação de antecedentes para as empresas que compartilham viagens.

O porta-voz da Uber, Javi Correoso, enviou uma declaração à NBC 6, dizendo que a empresa está “orgulhosa da diversidade dos parceiros do motorista no mercado sul da Flórida”. Correoso salientou ainda que, até que as regulamentações estaduais entrem em vigor no dia 1 de julho, o Uber pede a todos os parceiros do motorista no estado que sigam todas as leis e regulamentos locais aplicáveis.

O requisito do idioma para motoristas do Uber não está listado no site para a área em Miami. Para o porta-voz, a lei de Miami-Dade County é “muito vaga e difícil de implementar” e não está listada no site da empresa porque os motoristas são solicitados a seguir todas as leis e regulamentos quando se inscrevem.

Segundo a empresa, todas as instruções para o trabalho dos motoristas por meio do aplicativo estão em inglês e algumas multas dos motoristas foram pagas no passado pela empresa, mas não foi confirmado se o Uber vai pagar pela multa de Echevarria.

Com informações da NBC Miami.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Share

Tags: ,,,

Gazeta News
Gazeta News
213