DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Mortos pelo furacão Stan passam de 60 na América Central

O furacão Stan, que nas últimas horas atingiu o México, matou até agora pelo menos 65 pessoas durante sua passagem pela América Central, a maioria delas em El Salvador.
A tempestade atingiu o porto de Veracruz, 295 km ao leste da Cidade do México, com ventos de até 130 km/h.

Clique aqui para ver fotos da passagem do furacão

Não há notícias de vítimas fatais do furacão em Veracruz, mas várias pessoas foram arrastadas pelos ventos no Estado de Chiapas, no sul do país.

O furacão, que perdeu força ao chegar ao continente e foi rebaixado para a categoria de depressão tropical, está afetando a região desde o final de semana.

Desabrigados

O Stan provocou inundações e derrubou muitas árvores em Veracruz.

Casas mais frágeis tiveram seus telhados arrancados, e correntes de água tomaram conta das ruas da cidade.

A empresa estatal de petróleo Pemex evacuou várias plataformas que possui na região.

O governo mexicano montou dezenas de abrigos para acolher os desabrigados.

Enquanto isso, milhares de pessoas seguem em abrigos em El Salvador, na Guatemala e em Honduras, após terem sido desabrigadas anteriormente pelas fortes chuvas.

El Salvador

El Salvador foi atingido pela tempestade no momento em que estava se recuperando dos efeitos da erupção de seu maior vulcão.

Pelo menos 49 pessoas já morreram no país por causa do Stan, especialmente vítimas de deslizamentos de terra.

O governo do país declarou estado de emergência, e 8,5 mil pessoas tiveram de deixar suas casas e foram acomodadas em abrigos.

O presidente Tony Saca afirmou que “60% do país está correndo risco de deslizamentos de terra”.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
152