DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Mexicanos representam 57% da população ilegal nos EUA

Os mexicanos representam 57% da população ilegal dos EUA e somaram quase 6 milhões de pessoas no final de 2004, segundo o relatório “Cálculos do Tamanho e Características da População Ilegal”, divulgado pelo Pew Hipanic Center.

Segundo esse centro de estudos da comunidade hispânica nos EUA, os imigrantes ilegais de origem mexicana podem passar de 6,5 milhões no final deste ano.

O relatório indica que entre 1980 e 1984 entraram de forma legal nos Estados Unidos 180 mil imigrantes mexicanos por ano, enquanto o número de ilegais foi de 40 mil por ano, ou 18% deste total.

De 1985 a 1989 o número de imigrantes legais aumentou para 205 mil por ano e o de ilegais chegou a 80 mil, ou seja, 28% do total.

Essa tendência aumentou na década passada e o número de ilegais superou amplamente o de imigrantes legais. De 1990 a 1994 só 110 mil entraram por ano legalmente, enquanto 260 mil entraram sem visto.

O número aumentou de 1995 a 1999, quando foi registrada a entrada de 105 mil mexicanos legalmente e 400 mil de forma ilegal.

De 2000 a 2004 o número de mexicanos que entraram legalmente foi de 90 mil por ano. Já 485 mil mexicanos entraram por ano no território americano sem visto.

O resultado é que mais da metade dos 11 milhões de imigrantes mexicanos nos EUA é ilegal, segundo o relatório.

O Pew Hipanic Center afirma que estes imigrantes não são apenas homens jovens, mas também famílias, com uma proporção de 146 homens para cada 100 mulheres de 18 a 39 anos. Além disso, há 1,7 milhão de ilegais menores de idade e mais de 3 milhões de crianças nasceram nos EUA de pais ilegais.

Entre as mulheres mexicanas ilegais que vivem nos Estados Unidos, 56% delas trabalham. Já entre as mulheres americanas, o número das que trabalha é de 73%.

O demógrafo e pesquisador do Pew Hispanic Center, Jeffrey S. Passel, autor do estudo, explica que isso acontece porque muitas dessas imigrantes precisam cuidar dos filhos pequenos e por isso não podem trabalhar.

A imigração mexicana cresceu a uma taxa anual de mais de 8% durante mais de três décadas. Hoje, a população de mexicanos nos EUA corresponde a 9% do número de mexicanos que moram em seu próprio país.

“Podemos esperar que esta população continue crescendo”, disse Passel.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
274