DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Menor que enterrou menina viva é acusado como adulto nos EUA

O menor Milagro Cunningham, de 17 anos, que abusou sexualmente de uma menina de oito anos e a enterrou viva numa caixa de plástico com pedras, foi acusado nesta quinta-feira como adulto no estado da Flórida, sudeste dos Estados Unidos, segundo a imprensa local.

Cunningham vai enfrentar julgamento e poderá ser condenado à prisão perpétua por agressão sexual e seqüestro. Além disso, foi acusado por um júri em Palm Beach (leste de Flórida) por tentativa de assassinato em primeiro grau, tentativa de assassinato agravado, abuso de menores e atos lascivos.

“Não precisei pensar muito para tomar esta decisão”, disse Jeanne Howard, promotora federal encarregada de crimes juvenis, ao site do jornal Palm Beach Post. “Claramente os crimes foram tão severos, tão adultos”, acrescentou.

Cunningham ficará sob custódia das autoridades até a data de seu julgamento, que ainda não foi marcado.

O incidente ocorreu na madrugada de domingo passado em Fort Worth, quando o adolescente teria abusado da menina na casa da madrinha dela, onde fica enquanto sua mãe trabalha.

O jovem chamou a Polícia pela madrugada para informar que alguns homens tinham entrado na casa e seqüestrado a menina.

Mais de cem agentes saíram pela cidade procurando pela menina. Durante a operação, um policial resolveu procurar a menina num depósito de lixo do local e acabou encontrando a menina dentro de uma caixa plástica com pedras e pedaços de concreto, ainda com vida. Ela foi levada para o hospital e está em bom estado de saúde.

Segundo as autoridades, o adolescente confessou, mais tarde, que tinha seqüestrado a menina e a abandonou num depósito de lixo. A vítima conseguiu identificá-lo.

O adolescente vivia na casa da madrinha da menina, porque havia sido mandado embora de sua casa.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
223