DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Menino de 4 anos morre por “afogamento seco” uma semana após nadar

O garoto aspirou água para os pulmões ao nadar. Foto: ABCNews.

O menino de 4 anos, Francisco Delgado III, morreu uma semana após ter nadado, em um dos raros e perigosos episódios conhecidos como afogamento seco ou secundário. O fato ocorreu na semana passada no Texas e reacendeu o cuidado para essa forma rara de afogamento.

O contato com água se deu durante o fim de semana do Memorial Day. Dias depois, a criança se queixou de irritação no estômago, porém, seus pais não acreditavam que a dor fosse algo muito sério. Na manhã do sábado seguinte, a criança reclamou de dor nos ombros e horas depois faleceu.

De acordo com o pai, Francisco Delgado Jr, o filho acordou “do nada”, balbuciou um “ahh” e deu seu último suspiro. Ele foi levado para o hospital, mas não resistiu. Os médicos disseram que a criança sofreu o chamado “afogamento seco” ou secundário – que ocorre quando alguém respira água para os pulmões lesionando o órgão e provocando um edema pulmonar.

Os pulmões do menino estavam realmente cheios de fluido, segundo os médicos. Em casos de afogamento seco, a água faz com que as cordas vocais se contraiam involuntariamente e fechem, desligando a via aérea e dificultando a respiração, causando edema pulmonar, que é quando o fluido se acumula no pulmão.

O afogamento seco é uma condição rara, mas perigosa, que ocorre após a criança engolir água. Afeta principalmente crianças porque seus corpos são menores. Os sintomas podem não aparecer por até 24 horas após a pessoa ter nadado e incluem tosse, dor no peito, dificuldade em respirar e sensação de cansaço.

Com informações da ABC News.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]

Tags: ,,

Gazeta News
Gazeta News
226