DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Menina de três anos é expulsa de avião americano

A companhia AirTran expulsou de um vôo entre Fort Myers e Boston um casal e a filha de três anos por causa do comportamento da criança. A transportadora defende-se com os regulamentos da aviação, mas a família não se conforma.

O incidente aconteceu em 14 de janeiro, mas só agora chegou a público. Na partida de Fort Myers, na Florida, a tripulação de um avião da AirTran Airways expulsou uma família de Massachusetts, uma vez que a menina de três anos não parava de chorar e recusava-se sentar em seu lugar.
A companhia explica que não podia descolar sem que todos os passageiros estivessem corretamente sentados, e decidiu expulsar a família.
“O voo já estava 15 minutos atrasados e, em respeito pelos outros 112 passageiros do avião, tivemos que expulsar a família”, explica a porta-voz da transportadora.
Judy Graham-Weaver lembra que os regulamentos oficiais da aviação americana obrigam todos os passageiros a permanecer sentados no lugar, com o cinto de segurança.
Diante do excesso de zelo, a família acusa a companhia de falta de sensibilidade. “Nem nos deram uma oportunidade de falar com a nossa filha, de a consolar”, protesta Julie Kulesza, mãe da criança.
Os Kuleszas dizem que perguntaram a uma aeromoça se podiam levar a menina no colo, explicando que tinham pago três bilhetes, o que não lhes foi permitido.
A companhia aérea, com sede na Flori-da, reembolsou a família e ofereceu três bilhetes de ida e volta para um destino à escolha, mas os Kuleszas, que juram jamais voltar a voar na AirTran, ameaçam levar o caso para os tribunais.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
164