DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Médicos criticam 'banalização' da plástica na Grã-Bretanha

Cirurgiões dizem que cirurgia cosmética merecem séria consideração
Cirurgiões plásticos britânicos lançaram um ataque a organizações por banalizar cirurgias cosméticas.
A Associação Britânica de Cirurgia Plástica Estética (BAAPS, na sigla em inglês) criticou revistas e organizações de saúde que promovem os procedimentos, durante a conferência anual, esta semana, em Londres.

Cartões de fidelidade, esquemas de descontos e reality shows também estão na mira da associação.

Uma das empresas criticadas justificou estar apenas oferecendo cirurgia cosmética a preços mais populares.

“Atividades de mau-gosto”

Adam Searle, presidente da BAAPS diz que é assustadora a forma como este tipo de procedimento médico está sendo explorado comercialmente e banalizado por algumas empresas.

“A sensação que tenho é de que nosso ofício está sendo diminuído pelo excesso de promoções, prêmios e programas de televisão”.

Ele acrescentou: “A verdadeira tragédia é que no meio dessa epidemia de atividades de mau-gosto haverá pacientes que apresentarão complicações e até danos permanentes por recorrerem a operações mal-planejadas”.

Porta-vozes da empresa Transform Medical Group, que é alvo de críticas por ter implementado um cartão de fidelidade para encorajar múltiplas cirurgias, defenderam-na dizendo que a empresa se orgulha por oferecer uma operação de alta qualidade a baixo custo.

E finalizaram: “sem nossas iniciativas, estaríamos na época em que cirurgia plástica era exclusividade de gente rica”.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153