DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Marquise desaba e mata dois e fere 14 no centro do Rio de Janeiro

desabamento da marquise do Grande Hotel Canadá, em Copacabana, na zona sul do Riode janeiro, deixou duas pessoas mortas e ao menos seis feridas, na manhã desta segunda-feira(26). O advogado da empresa dona do hotel, Ely Machado, declarou que a fachada do imóvel passou por uma reforma. As obras duraram cerca de 60 dias e terminaram na última sexta-feira (23), mas não havia falha aparente na marquise.

Segundo ele, o hotel ocupa o imóvel há cerca de 30 anos, mas a construção é mais antiga, e a marquise teria aproximadamente 40 anos. Machado afirmou que as últimas chuvas podem ter contribuído para o acidente desta segunda e disse que engenheiros avaliam as causas do problema.

O advogado afirmou que, com a reforma da fachada, os trabalhadores usavam a marquise como apoio para a retirada de objetos e que havia uma escada encostada nela. Duas mulheres morreram no desabamento, entre elas Maria Isabel Noronha de Souza Cardoso, 50. A outra vítima ainda não foi identificada porque não portava documentos. De acordo com os bombeiros os feridos são Gilda Gouveia Barbosa, 63, Roberto Machado da Silva, 51, Thiago Menezes Vargas, 22, Joanete Boaretto, 66, Neyde Franzino Freire, 77 e Cecília Terezinha Muniz Fernandes, 71. Um ônibus lotado de turistas deixou o local aproximadamente 15 minutos antes do acidente, de acordo com o advogado. Segundo ele, o hotel atende entre 80 e 100 hóspedes por dia.

Susto
O comerciante de São Paulo Airton Van-Nentgen, 33, contou que tomava o café da manhã quando ouviu o estrondo. Segundo ele, era possível avistar, do hotel, as duas mulheres mortas e outras duas feridas, que foram socorridas pela parte interior do imóvel.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
152