DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Lula diz ter reforma resolvida na cabeça

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva está com a reforma ministerial “resolvida na cabeça” e deverá anunciá-la na terça ou na quarta-feira, às vésperas dos feriados da Semana Santa. Apesar disso, seus assessores diretos garantem que a única certeza é a ida do senador Romero Jucá (PMDB-RR) para a Previdência Social.

“O presidente Lula me informou que já está com a reforma resolvida na cabeça. Ele está tranqüilo e vai passar o final de semana apenas descansando para depois anunciá-la”, disse ontem o porta-voz e secretário de Imprensa e Divulgação da Presidência da República, André Singer.

Singer não deu data para o anúncio, mas o secretário particular do presidente, Gilberto Carvalho, que se reuniu com ele ontem na residência oficial da Granja do Torto, afirmou que isso ocorrerá provavelmente na terça-feira.

Apesar de Lula estar com tudo decidido, segundo Singer, os ministros próximos ao presidente acreditam que falta resolver questões importantes como manter ou não Humberto Costa (PT-PE) na Saúde e quem nomear para a Coordenação Política.

Os dois principais nomes para a Coordenação são o da senadora Roseana Sarney, de saída do PFL, e o do ex-presidente da Câmara João Paulo Cunha, um dos pré-candidatos do PT ao governo de São Paulo. Conforme a Folha apurou, Lula tem manifestado simpatia por Roseana e está contrariado pelo excesso de exigências de João Paulo.

A decisão envolve também o chefe da Casa Civil, José Dirceu. Ele foi o principal defensor do nome de João Paulo para o cargo, no lugar de Aldo Rebelo (PC do B-SP), mas já disse a Lula que tem bom relacionamento com Roseana –um nome posto na mesa pelo líder do governo no Senado, Aloizio Mercadante (PT-SP).

Foi Mercadante quem tirou “esse coelho da cartola”, disse um auxiliar do presidente à Folha, ressaltando que Dirceu considerou uma boa idéia. O presidente, porém, não decidiu e continua ouvindo opiniões.

Em conversas recentes, Lula ouviu que Roseana conhece bem o Congresso, desenvolveu uma espécie de método para detectar tendências de votos e, por exemplo, identificou antes do governo a possibilidade de Severino Cavalcanti (PP-PE) ganhar a eleição para a presidência da Câmara.

Em conversas reservadas, Lula acrescenta: “E ela [Roseana] conhece bem os governadores e os prefeitos”. Não há, porém, uma decisão. João Paulo, que é próximo a Dirceu, continua uma possibilidade forte e só ficará fora se não desistir de concorrer na eleição paulista. Neste caso, poderá ir a outra pasta, como o Trabalho.

Saúde e Integração

A tendência é Lula confirmar a substituição de Costa por Ciro Gomes (PPS-CE), atual ministro da Integração Nacional. Considera que Ciro daria mais visibilidade e credibilidade nacional a ações da área estratégica. O próprio presidente, porém, tem dito que Costa se fortaleceu na última semana com a intervenção nos hospitais federais do Rio de Janeiro.

Mais do que uma decisão técnica, a intervenção tem fortes repercussões políticas: na avaliação palaciana, fortalece o governo Lula e enfraquece o prefeito do Rio, César Maia, lançado pré-candidato do PFL à Presidência com o marketing de “bom administrador”.

O comando político acha que Lula ganhou com a decisão e que seria injusto não dividir os louros com Costa, defensor da medida.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196