DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Justiça dos EUA emite mandado de prisão a aliado de Bush

Um tribunal do Texas emitiu na quarta-feira um mandado de prisão para o deputado republicano Tom DeLay, aliado do presidente George W. Bush, acusado de lavagem de dinheiro e conspiração criminosa. O valor da fiança foi fixado em US$ 10 mil.

A emissão do mandado, que as autoridades americanas dizem ser um procedimento de rotina, significa que DeLay terá de ir à delegacia para ser fotografado e deixar suas impressões digitais antes de se apresentar ao tribunal.

Ex-líder da bancada republicana na Câmara, o deputado é acusado de infringir a lei de financiamento de campanha, ao “lavar” US$ 190 mil em doações corporativas para financiar campanhas de republicanos no Texas. Ele nega a acusação. A lei do Texas proíbe o uso de dinheiro corporativo em campanhas.

Segundo o correspondente da BBC em Washington James Coomerasamy, os advogados de DeLay tentaram evitar a emissão da ordem de prisão, porque o impacto negativo sobre a imagem do político pode ser considerável.

DeLay, um aliado próximo do presidente George W. Bush, afastou-se da liderança da Câmara para responder ao processo judicial. As acusações feitas contra o deputado americano se referem a campanhas eleitorais de 2002.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153