DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Jamaica se prepara para enfrentar Emily

Pela segunda vez em dez dias, a Jamaica prepara-se para receber nesta sexta-feira um poderoso furacão, à medida que o Emily segue seu curso através do Caribe, com ventos de 200 quilômetros por hora. As autoridades jamaicanas mandaram os 2,6 milhões de habitantes da ilha tomar as precauções necessárias, enquanto planejam usar ônibus e outros meios de transportes públicos para retirar os moradores das terras baixas, sujeitas a inundações.

O furacão Dennis matou uma pessoa ao passar pela Jamaica, no dia 7 de julho, com ventos e enchentes que castigaram a ilha, apesar do poderoso centro do fenômeno ter se mantido na costa norte. Dennis matou 70 pessoas no Haiti, Cuba e Estados Unidos.- Ainda não conhecemos a extensão dos danos causados por Dennis em termos monetários, mas temos que realizar algumas medidas para que as coisas não piorem no caso do Emily chegar – disse o primeiro-ministro da Jamaica, P.J. Patterson.

Às 11h (horário dos EUA, 12h horário de Brasília), o centro de Emily estava localizado a 750 quilômetros ao leste-sudoeste de Kingston e avançava em direção oeste-noroeste a cerca de 32 quilômetros por hora, informou o Centro Nacional de Furacões, com se em Miami.

Por um breve período, Emily foi promovido à categoria 4 da escola de furacões Saffir-Simpson, nesta sexta-feira, quando foram registrados ventos sustentáveis de 217 quilômetros por hora.

Mas ao meio-dia o furacão perdeu ligeiramente sua força.Jamaica, as Ilhas Caimã e parte da República Dominicana e Haiti estão em alerta de tempestade.

O Emily atingiu Granada na quarta e quinta-feira. A minúscula ilha de 90 mil habitantes ainda está se recuperando da passagem do furacão Ivã, ocorrida em setembro do ano passado. O fenômeno destruiu 90% das casas e edifícios, a um custo de US$ 2 milhões.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196