DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Itália 1X0 Autrália

Em uma partida sensacional, repletaa de emoção, a Itália conquistou uma vitória épica sobre a Austrália com um gol de pênalti anotado por Francesco Totti aos cinco minutos de acréscimo da segunda etapa.
A partida foi muito equilibrada, com maior domínio italiano no primeiro tempo. Na segunda parte, o zagueiro Marco Materazzi foi expulso, com apenas cinco minutos, e a partid daí os Socceroos passaram a ditar ritmo da partida e a ter mlhores chances de marcar.

Quando o empate por sem gols parecia definido, e os técnicos já pensavam em o que fazer na prorrogação, o lateral Fabio Grosso fez grande jogada pela esquerda. Ele entrou driblando na área australiana e acabou sendo derrubado por Lucas Neill. Totti cobrou com perfeição e colocou a Itália nas quartas-de-final.

Agora, os azzurri enfrentarão o vencedor de Suiça x Ucrânia em Hamburgo, na sexta-feira, 30 de junho.

O jogo:
4‘: Mark Schwarzer voltou à meta da Austrália após ter ficado de fora da partida contra a Croácia e quase precisou mostrar serviço logo cedo. Um perfeito cruzamento da esquerda encontrou Luca Toni, mas sua cabeçada na linha da pequena área saiu à esquerda do goleiro.

5‘: O companheiro de Schwarzer no Middlesbrough, Mark Viduka, o capitão dos Socceroos, dominou bem a bola após a rápida inversão da jogada, mas seu cruzamento passou longe.
7‘: Em um começo movimentado, Alberto Gilardino atacou pela esquerda conseguindo boa oportunidade para finalizar, mas Craig Moore chegou bem para cortar.

18‘: As duas equipes diminuíram o ritmo após a correria inicial; a Itália parecendo impenetrável e a Austrália firme na marcação todas as vezes que a bola chegava próxima à sua área.

22‘: Um ótimo lançamento de Andrea Pirlo da extremidade do círculo central chegou aos pés de Toni, mas o chute rasteiro após um giro foi defendido pela perna esquerda do goleiro que costumava jogar pela Bundesliga nesse mesmo gramado – uma defesa crucial nesta tarde.

24‘: O primeiro toque na bola de Gianluigi Buffon ocorreu depois de Viduka subir bem alto para escorar uma cobrança de falta, mas foi uma defesa que não exigiu muito do bem posicionado goleiro da Juventus.

29‘:A Austrália esteve bem perto de abrir o marcador quando Lucas Neill desviou um tiro livre da lateral direita e Scott Chipperfield arrematou por baixo a uma distância de 10 metros da meta de Buffon, que fez uma defesa de puro reflexo.

34‘:Após a oportunidade de gol da seleção do hemisfério sul, Toni teve duas chances; na primeira seu chute foi bloqueado, e na segunda cabeceou a curta distância – um aviso de que os azzuri estavam ligados no jogo.

41‘:Outro aviso, já bem perto do intervalo, foi dado quando Toni se esticou à frente do gol para alcançar um cruzamento vindo da direita, sem, entretanto, conseguir acertar a bola.

Segundo tempo

48‘: Já na volta do intervalo a Itália teve uma boa chance de marcar, mas Toni acabou chutando por cima.

50‘: Com a jogada já no outro campo, Marco Materazzi agora marcava Bresciano perto da grande área. O defensor da Internazionale fez a falta e acabou sendo expulso.

51‘: Chipperfield, no entanto,desperdiçou a cobrança desta falta chutando para fora.

55‘: Marcello Lippi decidiu que não mais teria condições de manter dois atacantes e optou por reconstruir sua defesa substituindo Toni pelo defensor do Palermo Andrea Barzagli.

58‘: Os australianos continuaram pressionando e Chipperfield, aproveitando um passe curto de Neill, forçou Buffon a fazer outra boa defesa.

63‘: A Itália perdeu uma boa chance de abrir o placar quando Gennaro Gattuso, tendo os australianos com a defesa aberta, colocou muita força em um passe que teria como destino o desmarcado Alessandro Del Piero.

75‘: As instruções a Francesco Totti fizeram Azzuri com que os torcedores italianos gritassem forte em um pleno dia de verão, mas foi Simone Perrotta que teve uma chance de gol do bico da grande área com um chute rasteiro que não causou muitos problemas.

80‘: O jogo firme de Viduka e o talento de Tim Cahill causaram problemas aos italianos durante todo o jogo e o meio-campo do Everton cabeceou uma bola vinda da cobrança de escanteio do lado direito que acabou raspando o travessão.

85‘: De um cruzamento por baixo de John Aloisi, Viduka, do bico da pequena área, quase abre o placar. Buffon acabou defendendo e agora era a Itália que estava no ataque.

86‘: Houve alguma hesitação na defesa australiana que poderia ter sido fatal, mas Vincenzo Iaquinta perdeu uma grande chance com um chute da distância dos oito metros.

89‘: De um cruzamento da direita, Aloisi tentou um lance sensacional mas sua tentativa de acertar a bola sobre sua cabeça não obteve sucesso.

90+3‘:A oito segundos do fim do jogo Fabio Grosso caiu sobre Neill e um pênalti foi marcado.

90+4‘:Schwarzer pulou foi na direção certa, mas Francesco Totti conseguiu batê-lo com um chute muito potente.

Conclusão:
Uma grande decepção para a Austrália que apresentou um de seus melhores desempenhos no nível internacional. Crédito deve ser dado à Itália por sua postura firme mesmo com 10 homens na maior parte do segundo tempo.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
222