DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Inteligência norte-americana identifica sucessor de Zarqawi no Iraque.

BAGDÁ – O Exército norte-americano divulgou nesta quinta-feira(15) ter identificado o novo líder da Al-Qaeda no Iraque. Abu Ayyub al-Masri, um egípcio com fortes laços com o braço direito de Osama bin Laden, Ayman al-Zawahri, é aparentemente a mesma pessoa que Abu Hamza al-Muhajer, o militante que, segundo a própria Al-Qaeda iraquiana, seria o substituto de Abu Musab al-Zarqawi no comando da organização.

Em nota divulgada na web no começo da semana, a Al-Qaeda no Iraque informou que al-Muhajer seria o novo líder da organização. De acordo com autoridade do exército dos EUA, general William Caldwell, Muhajer seria um codinome de Masri.

Em uma declaração também divulgada na internet, Muhajer (palavra que em árabe quer dizer “imigrante”) afirmava ter sucedido Abu Musab al-Zarqawi, ex-líder da organização no Iraque morto no último dia 7 em um bombardeio americano. Muhajer prometeu vingar a morte de Zarqawi.
Na conferência de imprensa em Bagdá, os militares mostraram foto de Masri vestindo um tradicional turbante árabe. O extremista está em uma lista dos terroristas mais procurados pelo Exército americano, divulgada em fevereiro de 2005.

“Eles (Al-Qaeda) estão chamando seu novo líder no Iraque de Hamza al-Muhajeri. Nós acreditamos que ambos (Muhajeri e Masri) são a mesma pessoa. Mas continuaremos investigando”, disse Caldwell.

O terrorista egípcio é um especialista em explosivos treinado no Afeganistão, e era uma figura chave no recrutamento de combatentes estrangeiros interessados em lutar pela Al-Qaeda no Iraque.

Masri atua como terrorista desde 1982, “e deu seus primeiros passos na Jihad Islâmica Egípcia, movimento liderado por Zawahri”, informou o general norte-americano.

Citando informações da inteligência recentemente desclassificadas, Caldwell disse acreditar que Masri passou pelo Afeganistão em 1999 para receber treinamento militar, onde também deu aulas sobre o islamismo.

Masri se tornou um expert em explosivos, especializando-se na construção de bombas de “beira de estrada”, habilidades que ele utilizou em Faluja e Bagdá. Operações com este tipo de explosivo são uma das maiores causas de baixas entre soldados das forças de coalizão.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
223