DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Insurgentes matam parlamentar curdo no Iraque

Um parlamentar da região curda do Iraque foi assassinado ao norte da capital do país, Bagdá, na noite de sábado.
Faris Hussein, seu motorista e pelo menos outra pessoa que o acompanhava foram mortos a tiros por insurgentes, que ainda feriram outro parlamentar, Haider Qassem.

O grupo rumava para Bagdá quando foi atacado. Hussein seria o terceiro parlamentar do país assassinado este ano, segundo a agência de notícias AFP.

Ele integrava a União Patriótica do Curdistão, um dos dois principais partidos da região curda do norte do Iraque.

O partido apoiava o governo e a nova constituição iraquiana.

Mais violência

Um carro-bomba atingiu um mercado num subúrbio pobre de Bagdá também na noite deste sábado.

Segundo a polícia local, pelo menos 30 pessoas morreram e outras dezenas ficaram feridas.

O ataque aconteceu em Nahrwan, a cerca de 40 km da capital do Iraque, uma região de população xiita.

Horas antes, a polícia havia anunciado que encontrou 9 corpos não-identificados em Bagdá.

As vítimas estavam em três lugares diferentes, todas elas baleadas na cabeça e no peito.

Peregrinação

Um correspondente da BBC em Bagdá afirma que as forças de segurança iraquianas estão em alerta, temendo episódios de extrema violência durante uma peregrinação xiita.

Dezenas de milhares de muçulmanos xiitas estão se dirigindo à cidade de Karbala para festividades religiosas que começam na segunda-feira.

Esta semana foi marcada por uma escalada na violência no país. Mais de 200 pessoas, a maior parte delas xiitas, morreu em atentados apenas nos últimos quatro dias.

Atentados suicidas a bomba têm sido um dos principais instrumentos de militantes islâmicos sunitas para atacar forças americanas e do governo iraquiano.

Os ataques muitas vezes também são voltados contra civis e servem como tática dos ativistas para gerar cisões entre as comunidades muçulmanas xiita e sunita do país.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
152