DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Inflação de setembro é a maior em 25 anos nos EUA

O Índice de Preços ao Consumidor nos Estados Unidos subiu 1,2% em setembro, o maior aumento mensal em 25 anos, de acordo com dados divulgados pelo governo nesta sexta-feira.
A alta reflete o aumento dos preços da gasolina e do gás natural depois dos furacões Katrina e Rita, que paralisaram boa parte da produção petrolífera americana, localizada nas regiões atingidas do sul dos Estados da Louisiana, Mississipi e Texas.

Excluindo os gastos com energia, os preços se mantiveram estáveis nos outros setores da economia. O núcleo da inflação, que exclui energia e alimentos, aumentou apenas 0,1%, o mesmo ritmo dos quatro meses anteriores.

Nos últimos 12 meses, a inflação total ficou em 4,7%, o maior índice desde 1991.

Gasolina

Os preços de energia aumentaram 12% no mês passado, o maior salto desde o início das estatísticas, em 1957. A gasolina subiu 17,9%, enquanto o gás natural e óleo de calefação aumentaram 12%.

Nos últimos 12 meses, os gastos com energia subiram 34,8%, a maior alta em 25 anos. A gasolina subiu mais de 50%.

As vendas no varejo subiram 0,2% em setembro em relação ao mês anterior, abaixo do previsto, por causa da forte redução de 2,8% na venda de veículos. Excluindo veículos, os outros setores do comércio tiveram alta de 1,1%.

Um relatório do Banco Central americano mostra que a produção industrial caiu 1,3% em setembro, a maior queda desde janeiro de 1982.

Dados do Departamento de Trabalho apontam uma redução de 1,2% na renda média dos trabalhadores em setembro.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
153