DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Índice de desemprego nos EUA diminui dois décimos em janeiro

A economia dos EUA criou em janeiro cerca de 146.000 empregos, menos do que o esperado pelos analistas mas o suficiente para que o índice de desemprego diminuísse dois décimos, para 5,2% da população ativa, o nível mais baixo desde setembro de 2001.

O Departamento de Trabalho informou hoje que no mês passado estavam empregadas 132,337 milhões de pessoas em trabalhos urbanos, o número mais alto desde fevereiro de 2001.

Grande parte dos analistas esperava que a economia fosse criar 190.000 postos de trabalho, mas até um número menor do que o previsto gerou resultados positivos, como o aumento líquido de cerca de 185.000 empregos desde que o presidente George W. Bush chegou à Casa Branca, em janeiro de 2001.

Enquanto a economia demorou uma década nos anos 30 para recuperar os empregos perdidos durante a Grande Depressão, a presidência de Bush balanceou a conta de postos de trabalho em menos de quatro anos desde que começou a recessão.

Quando em 2003 o presidente promulgou sua terceira redução de impostos prometeu que esse estímulo fiscal criaria 350.000 postos de trabalho por mês.

“Nos últimos 20 meses a economia criou 2,7 milhões de postos de trabalho, e o índice de desemprego se mantém abaixo da média das últimas três décadas”, disse o secretário do Tesouro, John Snow.

“O relatório de hoje mostra, mais uma vez, a força de nosso ímpeto econômico”, acrescentou Snow em comunicado. À medida que a economia continuar crescendo veremos um aumento contínuo de novos empregos”.

Nos últimos três meses a média de criação de empregos foi de 137.000, comparado com uma média de 181.000 em todo o ano de 2004.

A queda de dois décimos no índice de desemprego reflete, principalmente, a diminuição de 224.000 pessoas na força de trabalho, que de acordo com as estatísticas nos EUA é formada por quem está empregado ou esteve procurando emprego por pelo menos um mês.

Em seu comunicado, o banco central americano assinalou que o mercado de trabalho continua se recuperando.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196