DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Imigrantes processam governo por atraso em processo.

De acordo com a Lei, o governo federal tem prazo máximo
de 120 dias para aprovar ou rejeitar um pedido de cidadania.

Dez imigrantes do Oriente Médio e da Ásia processaram o governo, na terça-feira(1), alegando que oficiais de imigração deixaram seus processos de candidatura a cidadania indefinidamente sem solução, por causa do atraso na checagem de seus antecedentes.

A ação apresentada na corte distrital de Los Angeles, pede que um juiz federal reveja os documentos dos imigrantes e dê curso ao processo de cidadania. Solicita ainda que sejam agilizados os processos de todos os imigrantes que nos últimos seis meses têm aguardado pela naturalização, após darem entrada nos procedimentos junto ao serviço de Imigração de Cidadania, em Los Angeles.

Desde os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, muçulmanos e imigrantes em geral oriundos do Oriente Médio e da Ásia têm reclamado de atrasos inexplicados no processamento dos processos de imigração.

– Sejam esses atrasos motivados por discriminação ou incompetência, eles têm que terminar – disse Hussam Ayloush, diretor-executivo da seção do sul da Califórnia do Council on American-Islamic Relations, que deu entrada na queixa junto com a American Civil Liberties Union do sul da Califórnia.

Sharon Rummery, porta-voz do serviço de Cidadania e imigração, disse que apenas cerca de 1% dos candidados a cidadania esperam mais que seis meses pelo resultado. “Não faço nenhum idéia porque alguns demoram mais”, disse Rummery, acrescentando que a agência não pode processar um pedido antes que o FBI informe sobre a checagem dos antecedentes da pessoa.

A lei federal requer que o governo aprove ou rejeite um pedido de cidadania em prazo de 120 dias após o candidato passar no exame.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
222