DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Imigrantes legais estão ?presos? aos atrasos das Agências de Imigração,

O Serviço de Imigração e Cidadania dos EUA, bureau do Departamento de Segurança Interna, recebeu em abril 420 mil solicitações que estão há mais de seis meses aguardando para ser processadas. O Departamento de Trabalho, que também processa casos de imigração, somou no mês passado um acúmulo de 235 mil pedidos.

Medida aprovada pelo Senado propõe a criação de um programa de trabalhadores temporários para 200 mil imigrantes ao ano, e autorizando muitos dos cerca de 12 milhões de indocumentados que trabalham nos EUA a candidatarem-se à legalização.

No entanto, enquanto o Congresso debate o tema, as agências encarregadas do atual sistema de imigração “sofrem com atrasos e problemas”, alertou a Senadora Susan Collins, republicana de Maine, que preside o Comitê de Segurança Interna e Assuntos Governamentais no Congresso.

Necessidade

Um estudo apartidário realizado no ano passado pelo Congresso verificou que o atraso no processamento das petições “tem criado dificuldades para imigrantes, suas famílias e potenciais empregadores em busca de trabalhadores imigrantes”.

De acordo com Paulo Jones, responsável pela condução do estudo, “é intuitivo dizer que se as agências receberem outra demanda imprevista de petições, terão que se esforçar para lidar com isso”.

“Tremendo progresso”

Chris Bentley, porta-voz da Agência de Imigração, disse que estão sendo feitos progressos significativos para redução dos atrasos que totalizavam 3,8 milhões de casos no início de 2004. “Nós emos feito tremendos progressos recentemente, e a Agência pretende eliminar os atrasos até 1 de outubro”, disse. O estudo realizado pelo Congresso, no entanto, sugere que os atrasos são maiores do que a Agência acredita, e não é provável que a situação seja regularizada tão rapidamente quanto informam. “Você pode concluir a partir do que conclui o estudo, que eles estão se esforçando agora”, disse Jones.
No Departamento de Trabalho, todas as 235 mil petições atrasadas têm data anterior à implantação do sistema de processamento eletrônico, em março de 2005. O atraso está previsto para ser eliminado em setembro de 2007, informou o Departamento.

Crystal Williams, vice-diretor para programas da Associação Americana de Advogados de Imigração, grupo com sede em Washington, DC, que reúne cerca de 10 mil advogados de imigração, disse que seus membros acreditam que os serviços de imigração têm condições de eliminar os atrasos no processamento de petições este ano, mas que a Associação está mais preocupada com os progressos do Departamento de Trabalho. “Neste momento existe um tremendo problema. Eles têm uma herança de 360 mil casos que datam de cinco ou seis anos atrás, e ainda estão trabalhando neles”, disse. Williams.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
225