DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Houston é acusada de ser cidade refugio para imigrantes.

Houston – Com uma população latina que gira em torno de 30% e residentes de todas as partes do mundo, Houston tem há muito tempo uma atitude de ampla tolerância com os imigrantes.

Mas essa atitude está sendo desafiada neste ano, enquanto o Congresso debate uma série de reformas da lei de imigração e se acalora a campanha política para os comícios legislativos de novembro. Na cidade apareceram cartazes com legendas que recriminam os imigrantes ilegais e os líderes locais consideram deixar de financiar um importante centro de contratação de operários.

Recentemente, alguns políticos conservadores da cidade pediram a implantação de uma política que empeça à polícia de perguntar qual é a condição migratória de um individuo. Os críticos dizem que essa política converte Houston em uma “cidade refugio”, onde a polícia não pode aplicar as leis de imigração nacionais e os imigrantes ilegais não temem ser presos.

“Um dos problemas é que as cidades com estas políticas estão se convertendo em imãs para a imigração ilegal”, explicou Tom Fitton, presidente do grupo conservador Judicial Watch, que vem solicitando da cidade de Los Angeles por uma política similar. “Já é bastante ruim o fato de que o governo federal não está realizando suas obrigações. Mas a situação é muito mais difícil para as polícias que atuam em cidades como Houston”.

De acordo com um informe do Serviço de Investigação do Congresso, em todo o EUA, 32 cidade e condados têm esse tipo de políticas, incluindo Houston, Nova York, Austin e Seattle.

O grupo chamado, Protejam Nossos Cidadãos, está coletando assinaturas para um referendum que será realizado em novembro. O resultado que será entregue às autoridade municipal com a finalidade de permitir que a polícia verifique o status migratório de qualquer suspeito.

O legislador republicano John Culberson agregou no mês passado uma emenda a um projeto de lei que poderá bloquear dinheiro destinado a segurança das cidades que tenham “políticas de refugio”. A medida ainda deve ser analisada pelo Senado.

Defesa

O prefeito Bill White e o departamento de polícia negam que Houston seja uma cidade refugio. Dizem que as autoridades prendem qualquer pessoa, incluindo ilegais, se for necessário. Mas White avalia que os agentes de segurança serão afastados de outras áreas prioritárias se tiverem que revisar a condição migratória de cada pessoa.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
222