DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Guga: ‘Espero jogar muitos Roland Garros ainda’

Triste, sim. Mas com a esperança de dar a volta por cima completamente intacta. A derrota para o espanhol David Ferrer e a conseqüente eliminação na primeira rodada de Roland Garros não foram capazes de derrubar a confiança de Gustavo Kuerten em jogar novamente o tênis que o levou ao topo do ranking da ATP. Após o jogo, Guga foi claro: aposentadoria precoce não está nos seus planos.

– Quero voltar a jogar como antes. Se vou conseguir, não sei, mas a cirurgia (no quadril) foi um sucesso, o doutor Marc Philippon (que o operou em setembro do ano passado) me garantiu que posso voltar a jogar como antes. Sinto que tenho capacidade e, acima de tudo, quero muito. Então, espero jogar muitos Roland Garros ainda, por mais uns três, quatro, cinco anos – declarou o tricampeão do Aberto da França.

Na entrevista coletiva após a eliminação, Gustavo Kuerten revelou ainda que pretende continuar sendo treinado pelo argentino Hernan Gumy, que também é técnico do compatriota Guilhermo Cañas. Quando começou a trabalhar com Gumy, em maio, Guga dissera que a parceria duraria até o Grand Slam francês. Mas o catarinense gostou do trabalho do técnico e torce para que Gumy consiga conciliar os treinamentos dos dois tenistas.

– Para mim, tem sido muito legal trabalhar com ele. O Gumy trabalha com o Cañas, que também passou por processos de recuperação de cirurgia. A gente conversa bastante e se houver possibilidade de continuar treinando com ele, no Brasil ou aqui, e se der certo para ele também, por causa do calendário do Cañas, vou ficar contente – afirmou Guga.

O brasileiro só deverá voltar às quadras em julho, quando defenderá o Brasil na Copa Davis, contra as Antilhas Holandesas, em Joinville. Atual número 94 do ranking de entradas, Guga não está preocupado com a queda acentuada que deverá sofrer na lista.

– Depois (da Copa Davis) volto a jogar os torneios no saibro e então vou adaptando o meu calendário para jogar os maiores torneios, com o ranking protegido ou com wild card. Acho que até, pelo menos, o Australian Open (em janeiro de 2006), estou tranqüilo – disse ele.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
273