DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Governo confirma 650 mortos pela Stan na Guatemala

O governo da Guatemala divulgou que o número de mortes confirmadas no país causadas pela passagem da tempestade tropical Stan passa de 650, e quase 400 pessoas estão sendo listadas como “desaparecidas”.
As autoridades também temem que os cadáveres de cerca de 3 mil pessoas possam estar enterradas sob a lama que soterrou várias cidades e vilarejos.

Trabalhos de resgate foram suspensos em algumas áreas do país no domingo porque as condições estavam perigosas demais.

A tempestade Stan, que chegou a ser qualificada como um furacão, também matou pelo menos cem pessoas em outras áreas da América Central e no México.

Cemitério

O prefeito de Panabaj, na região turística do Lago Atitlán, pediu para que uma parte da cidade guatemalteca seja declarada um “cemitério”.

Segundo Diego Esquina, ninguém mais sabe onde cavar para encontrar os corpos dos habitantes mortos pela lama.

Ele disse que a cidade “não vai mais existir” e que os corpos já encontrados “estão tão podres que não podem mais ser identificados”.

“Eles só vão trazer doenças”, disse Esquina.

Já foram recuperados 77 corpos em Panabaj, mas o prefeito afirma que cerca de 250 seguem desaparecidos.

Tzanchaj, nas redondezas de Panabaj, também foi devastada pela tempestade tropical.

Bombeiros dizem que tiveram que mandar os habitantes da cidade parar de cavar em sua busca desesperada por vítimas, uma vez que o solo se encontra muito instável na cidade.

Correspondentes afirmam que a população maia da Guatemala se encontra em um dilema, pois suas tradições mandam que os cadáveres sejam recuperados e recebam um enterro digno.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
152