DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Zika: Governador visita Wynwood após aprovação de $1,1 bi no Congresso

O Ministério da Saúde confirmou a terceira morte provocada pelo zika em adultos no Brasil. Foto: Fernanda Carvalho/ FotosP Públicas

Após o Congresso liberar a verba, a questão que vem gerando debate é qual órgão ficará responsável e como será aplicada para combater o zika vírus.

O governador da Flórida, Rick Scott, visitou na última sexta-feira, dia 30, o bairro de Wynwood – área que teve mais casos da doença na Flórida este ano – depois de ter sido declarada livre de mosquitos transmissores do zika.

A preocupação agora é sobre como a verba federal de combate ao zika será distribuída depois que o Congresso aprovou, na quarta, 28, $1,1 bilhões de dólares para combater o vírus.

“As discussões agora são sobre quem merece o dinheiro”, disse o senador da Flórida, Marco Rubio. A questão que deve ser discutida e resolvida o mais rápido possível é quem vai receber a verba. “Ela vai para o estado? Para a prefeitura? Para o condado? Devemos resolver isso o mais rápido possível.”

A alocação estipula que nenhum financiamento será fornecido para abortos relacionados ao zika vírus.

“Nós também precisamos ter certeza de que esta verba ou outro pacote de estímulo não será usado com coisas que não têm nada a ver com a zika”, disse o senador Republicano Mario Diaz Balart.

Os $ 1,1 bilhões de dólares alocados em uma lei de gastos de governo de emergência esta semana inclui $394 milhões de dólares para o controle do mosquito, $397 milhões para o desenvolvimento de vacinas, $75 milhões para os reembolsos de saúde pública, $175 milhões para combater zika globalmente e $ 1 milhão para a supervisão da despesa.

Com 342 votos a favor e 85 contrários, a Câmara dos Deputados aprovou de última hora uma resolução que havia passado pelo Senado (72 favoráveis a 26 contrários) e que dotará de recursos ao governo até 9 de dezembro.

O projeto segue agora para a Casa Branca, para ser ratificado pelo presidente Barack Obama, para que depois se comece a distribuir as verbas que incluem alocações de fundo que estavam pendentes.

Entre os fundos aprovados, destaca-se o pacote de US$ 1,1 bilhão para lutar contra a zika, doença que havia desencadeado uma feroz batalha entre democratas e republicanos do Congresso. Embora tenham recuado na semana passada, republicanos disseram durante meses que só aprovariam fundos de ajuda para combater a zika com a condição de que se impedisse a chegada de subsídios para as clínicas da Planned Parenthood, em Porto Rico, território dos Estados Unidos mais afetado pelo vírus.

Uma e outra vez, democratas bloquearam a proposta e insistiram na urgência de aprovar os fundos para combater o vírus zika, que é transmitido por picada de mosquito, mas também por relação sexual.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]

Tags: ,,,

Gazeta News
Gazeta News
227