DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Gamarra chega e diz que Palmeiras vai brigar pelo título

O mais novo reforço do Palmeiras chegou esbanjando confiança. O paraguaio Gamarra garante que está pronto para estrear domingo, logo no clássico contra o Corinthians, clube pelo qual teve uma passagem de muito sucesso.

– Passei dois anos maravilhosos no Corinthians, mas agora vou defender o Palmeiras com todo o profissionalismo. Venho para ser campeão.

Gamarra, que assinou contrato de um ano com o Verdão, não sabe se poderá ser escalado, pois ainda depende da regularização de seus documentos na CBF. Mas o jogador revelou que a vontade de entrar em campo é grande.

– Depende da papelada, mas é um jogo especial, do qual espero muito participar – disse o zagueiro, acrescentando que não saberia dizer se comemoraria ou não caso marcasse um gol contra o seu ex-clube:

– Isso é coisa de momento, não tem como imaginar agora, de fora. Mas, se eu jogar, a torcida palmeirense pode esperar muita garra e determinação.

Sobre a vinda para o Palmeiras, apesar de ter recebido uma proposta milionária de um clube do Kuwait, o jogador revelou que os conselhos de dois amigos foram fundamentais na sua decisão.

– O Arce e o Luiz Felipe Scolari foram determinantes na minha escolha. Já trabalharam um bom tempo no Palmeiras e me falaram muito bem do clube. Além disso, minha mulher estava com muita vontade de voltar a morar no Brasil.

Candidato a ídolo da torcida, Gamarra também falou sobre a sua discreta passagem pelo futebol europeu. Na última temporada, ele esteve no Inter de Milão, mas foi pouco aproveitado pelo técnico Roberto Mancini.

– A adaptação lá é difícil. Eu quase não tinha oportunidades no time titular e o ambiente era muito fechado, bem diferente da descontração que existe nos clubes brasileiros. Percebi que estava insatisfeito e optei por voltar. O futebol aqui é mais aberto, mais bem jogado – declarou.

O capitão da seleção paraguaia aproveitou ainda para dar um recado àqueles que acreditam que seu futebol está em decadência por causa de seus 34 anos.

– Não acredito que a idade pese. As minhas atuações pelo Paraguai nas Eliminatórias são prova de que estou bem. Acho, inclusive, que estou melhor agora do que há cinco anos – analisou.

Gamarra confessou ter visto o atual time do Palmeiras jogar apenas uma vez, na goleada de 5 a 2 em cima do Vasco. Para ele, a torcida pode ficar tranqüila, porque o time tem capacidade para brigar no topo da tabela do Brasileirão:

– O campeonato é muito longo. O Palmeiras pode, dentro de algumas rodadas, encostar nos líderes e lutar pelo título.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
223